Repositório Digital

A- A A+

Desigualdades na mortalidade por doenças cardiovasculares em pequenos municípios

.

Desigualdades na mortalidade por doenças cardiovasculares em pequenos municípios

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desigualdades na mortalidade por doenças cardiovasculares em pequenos municípios
Outro título Inequalities in mortality from cardiovascular diseases in small municipalities
Autor Medeiros, Cássia Regina Gotler
Meneghel, Stela Nazareth
Gerhardt, Tatiana Engel
Resumo Estudo ecológico que teve por objetivo identificar a mortalidade por doenças cardiovasculares nos municípios da 16ª Regional de Saúde (RS), no período de 2003 a 2007, verificando diferenças entre eles, a distribuição por sexo e idade e relacionando o coeficiente médio de mortalidade do período com variáveis socioeconômicas, de investimento, de cobertura e de acesso em saúde, buscando identificar alguns fatores que poderiam ser significativos para explicar estas diferenças. Foi realizada análise de correlação e regressão múltipla. Os resultados indicaram que em municípios com até 5000 habitantes a cobertura da Estratégia Saúde da Família pode representar um fator protetor melhor do que nos municípios maiores e a renda per capita tem menor influência na mortalidade. Encontrou-se relação direta entre as internações por doenças cardiovasculares e a mortalidade, principalmente nos municípios maiores. A regressão múltipla mostrou a despesa em saúde por habitante/ano como o fator mais relacionado com o aumento da mortalidade. Concluiu- se que as variáveis selecionadas no estudo explicam apenas parcialmente as diferenças na mortalidade por doenças cardiovasculares em um grupo de municípios similares de uma regional de saúde no sul do Brasil.
Abstract The scope of this ecological study was to identify mortality from cardiovascular disease in the municipalities of the 16th Health Region of Rio Grande do Sul between 2003 and 2007. It looked at differences among them, sex and age distribution and related the mean coefficient of mortality during the period to socioeconomic variables of investment, healthcare coverage and access, seeking to identify a few factors that might be significant to explain these differences. Correlation and multiple regression were analyzed. The results indicated that in counties with up to 5000 inhabitants the Family Health Strategy coverage may be a better protective factor than in larger municipalities, and per capita income has less influence on mortality. A direct relationship was found between hospital admissions for cardiovascular disease and mortality, especially in the larger municipalities. Multiple regression showed health costs per inhabitant/year as the factor most closely related to increased mortality. It was concluded that the variables selected explain partially the differences in mortality caused by cardiovascular disease in a similar group of municipalities of a regional health area in southern Brazil.
Contido em Ciência & saúde coletiva. Rio de Janeiro, RJ. Vol. 17, n. 11 (nov. 2012), p. 2953-2962
Assunto Avaliação em saúde
Mortalidade
Políticas públicas de saúde
[en] Cardiovascular disease
[en] Health assessment
[en] Inequalities in health
[en] Public health policies
[en] Socioeconomic factors
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/85369
Arquivos Descrição Formato
000872826.pdf (164.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.