Repositório Digital

A- A A+

A geometria da complexidade

.

A geometria da complexidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A geometria da complexidade
Autor Diligenti, Marcos Pereira
Orientador Dorneles, Beatriz Vargas
Data 2006
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Arquitetura
Bloch, Ernst 1885-1977.
Ensino
Geometria descritiva
Morin, Edgar 1921-.
Movimento
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
Teoria da complexidade
Utopia
[en] Complexity
[en] Geometry
[en] Knowledge
[en] Movement
[en] Utopia
Resumo Esta tese consiste em um estudo sobre a concepção do conhecimento da Geometria nos cursos superiores de Arquitetura. Durante três semestres, desenvolvemos uma proposta de abordagem transdisciplinar no ensino da Geometria Descritiva, junto a seis turmas de estudantes da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, que se constituiu no ensino dos conceitos geométricos, compreendidos em suas relações e interdependências com seus entornos histórico / culturais/ filosóficos/ epistemológicos. Aliados a esta postura, introduzimos os conceitos genéricos de solidariedade e criatividade, na forma de migrações conceituais pelos campos geométrico/arquitetônicos, como instrumento instigador do resgate na compreensão da humanidade do conhecimento científico. Discutimos, neste estudo, a receptividade dos estudantes em relação a estas abordagens e às dificuldades verificadas no desenvolvimento destas propostas. Para analisar a concepção de conhecimento advinda destas implementações, utilizamos como referencial teórico o Paradigma da Complexidade, na ótica de Edgar Morin. Finalizando este trabalho, aproximamos as nossas interpretações do conceito de utopia, na perspectiva de Ernst Bloch, na qual encontramos a reafirmação do movimento como componente central dos fenômenos estudados, com a evidência de sua inexorabilidade na compreensão do conhecimento, do ser humano e da vida.
Abstract This thesis is a study about the conception of knowledge on Geometry in the graduation programs of Architecture. For three semesters we have developed a proposal of a cross disciplinary approach in the teaching of Descriptive Geometry with six groups of architecture students from the Pontifical Catholic University of Rio Grande do Sul. The proposal involved the teaching of geometric concepts and their relationships and interdependencies with historical, cultural, philosophical and epistemological contours. Along with such approach, we have introduced generic concepts of solidarity and creativity in the form of conceptual migrations through geometric and architectural fields, as an instigating instrument to rescue the understanding of the humanitarian aspect of scientific knowledge. We discussed, in this study, the receptive attitude from the students in terms of these approaches and the difficulties faced in order to develop them. To analyze the concept of knowledge resulting from such implementations, we used as theoretical background the Paradigm of Complexity, in the view of Edgar Morin. We finally approximated our interpretations to the concept of utopia, in the perspective by Ernst Bloch, in which we found the reaffirmation of movement as the central component of the investigated phenomena, with the evidence of its inexorability in the understanding of knowledge, human beings and life.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/8559
Arquivos Descrição Formato
000580584.pdf (4.206Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.