Repositório Digital

A- A A+

O híbrido paraolímpico: ressignificando o corpo do atleta com deficiência a partir de práticas tecnologicamente potencializadas

.

O híbrido paraolímpico: ressignificando o corpo do atleta com deficiência a partir de práticas tecnologicamente potencializadas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O híbrido paraolímpico: ressignificando o corpo do atleta com deficiência a partir de práticas tecnologicamente potencializadas
Autor Novaes, Varlei de Souza
Orientador Goellner, Silvana Vilodre
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Movimento Humano.
Assunto Atletas paraolímpicos
Deficientes físicos : Esporte
Paraolimpíadas
[en] Cultural studies
[en] Disabled athlete
[en] Sport for disabled people
[en] Weelchair athlete
Resumo A pesquisa analisou os significados culturais que vem sendo atribuídos aos atletas com deficiência física que utilizam como prótese a cadeira de rodas, tentando perceber de que forma potencializam seus usos. O material empírico foi coletado, no período de dezembro de 2004 a janeiro de 2006, em eventos esportivos, nas rotinas de treinamento desses atletas e, também, em alguns encontros sociais com os dirigentes de três instituições que desenvolvem ações de apoio e incentivo ao esporte adaptado na cidade de Porto Alegre, locais onde garimpei informações através da observação participante. O estudo, que se caracteriza metodologicamente como uma análise qualitativa que utiliza estratégias de captação etnográfica, consiste em descrever e analisar alguns acontecimentos carregados de enunciados que atravessam o corpo desses atletas. Para desenvolvê-lo, utilizo-me da perspectiva teórica dos Estudos Culturais e Sócio-históricos do corpo e de autores e autoras que têm problematizado a noção de corpo no pósmodernismo a partir de pressupostos teóricos pós-estruturalistas. Com base nesse procedimento aponto, a partir da relação corpo-tecnologia, possibilidades de perceber esses corpos como híbridos, ciborgues, potencializados tecnologicamente, destacando, ao final, possíveis rupturas nos significados hegemônicos que os interpelam culturalmente.
Abstract This search analyzed the cultural meaning that has been attributed to the athletes with physical deficiency that use wheel chair as prosthesis, trying to notice that forms potentiate their use. The empiric material was collected in the routines of those athletes’ training and, also, in some social encounters with the leaders of three institutions that develop support actions and incentive to the sport adapted in the city of Porto Alegre, Brazil, places where I prospected informations through the participant observation. The study that methodologically is characterized as a qualitative analysis that it uses strategies of reception ethnographic, it consists of describe and to analyze some events loaded of statements that cross the athletes’ body. To develop it I use of the theoretical perspective of the Cultural and Partner-historical studies of the body and of authors that have been problematizing the body notion in the powder-modernism from presupposed theoretical powder-structualist. With base in that procedure, I appear starting from the relationship body-technologically, highlighting, at the end, possible ruptures in the hegemonic meanings that they question them culturally.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/8563
Arquivos Descrição Formato
000580714.pdf (3.703Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.