Repositório Digital

A- A A+

Prevalência do transtorno obsessivo-compulsivo e de sintomas obsessivo-compulsivos e qualidade de vida em adolescentes

.

Prevalência do transtorno obsessivo-compulsivo e de sintomas obsessivo-compulsivos e qualidade de vida em adolescentes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prevalência do transtorno obsessivo-compulsivo e de sintomas obsessivo-compulsivos e qualidade de vida em adolescentes
Autor Vivan, Analise de Souza
Orientador Cordioli, Aristides Volpato
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas: Psiquiatria.
Assunto Adolescente
Epidemiologia
Qualidade de vida
Sinais e sintomas
Transtorno obsessivo-compulsivo
[en] Adolescents
[en] Epidemiology
[en] Obsessive-compulsive disorder
[en] Obsessive-compulsive symptoms
[en] Quality of life
Resumo Apesar do transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) ser um transtorno mental grave, que causa acentuado sofrimento e interferência na vida, ele ainda é subdiagnosticado na população. Além disso, a prevalência de TOC e sintomas obsessivo-compulsivos (SOC) e o impacto na qualidade de vida (QV) de adolescentes ainda não foram suficientemente estudados. A presente tese é composta por dois estudos: 1) um levantamento de base populacional para investigar a prevalência de SOC e TOC em adolescentes, comparando características demográficas e clínicas entre os sexos; 2) uma comparação entre adolescentes com e sem TOC quanto à QV e associação entre os domínios de QV e características clínicas. Nossos resultados apontam prevalência de 3,3% de TOC e 18,3% de SOC na amostra estudada, com meninas apresentando taxas mais elevadas em comparação aos meninos. No entanto, apesar dos altos índices, apenas um reduzido número de adolescentes já havia sido diagnosticado com TOC anteriormente à pesquisa (9,3%) e um percentual ainda menor recebia tratamento para a doença (6,7%). Além disso, quando comparados a adolescentes sem o transtorno, o grupo com TOC apresentou maiores prejuízos em todos os domínios de QV. Também, a presença de sintomas depressivos demonstrou estar associada com pior QV. Esses achados nos permitem concluir que, apesar da alta prevalência, o TOC é subdiagnosticado e ainda pouco tratado em adolescentes, porém, causa impacto significativo na QV dos jovens, contribuindo para prejuízos em todos os domínios.
Abstract Even though obsessive-compulsive disorder (OCD) is considered a severe mental illness, causing a high degree of suffering and significantly affecting patients’ lives, the disorder remains underdiagnosed in the general population. Moreover, the prevalence of OCD and obsessive-compulsive symptoms (OCS) and their impact on the quality of life of adolescents have not been extensively studied. The present dissertation comprises two studies, namely: 1) a population-based study designed to investigate the prevalence of OCS and OCD among adolescents, comparing demographic and clinical characteristics according to gender; and 2) a comparison between adolescents with and without OCD in relation to quality of life and the association between clinical characteristics and domain-specific quality of life impairment. Our results revealed a prevalence of 3.3% of OCD and 18.3% of OCS in the sample assessed, with girls presenting higher prevalence rates when compared with boys. Notwithstanding, despite the high rates observed, only a limited number of adolescents had been diagnosed with OCD before the study (9.3%), and an even smaller group was under treatment for the disorder (6.7%). In addition, when compared with adolescents without OCD, the group with the disorder showed poorer scores in all quality of life domains assessed. Also, the presence of depressive symptoms showed an association with poorer quality of life. These findings suggest that, in spite of the high prevalence of OCD, the disorder is still underdiagnosed and undertreated among adolescents. In addition, our findings confirm the significant impact of OCD on the quality of life of young patients, affecting all related domains.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/86425
Arquivos Descrição Formato
000910233.pdf (812.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.