Repositório Digital

A- A A+

Epífitos vasculares sobre espécimes de Ficus organensis isolados no Norte da Planície Costeira do Rio Grande do Sul:padrões de abundância e distribuíção

.

Epífitos vasculares sobre espécimes de Ficus organensis isolados no Norte da Planície Costeira do Rio Grande do Sul:padrões de abundância e distribuíção

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Epífitos vasculares sobre espécimes de Ficus organensis isolados no Norte da Planície Costeira do Rio Grande do Sul:padrões de abundância e distribuíção
Outro título Vascular epiphytes on isolated specimens of Ficus organensis in the northern coastal plain of Rio Grande do Sul: abundance and distribution patterns
Autor Gonçalves, Cezar Neubert
Waechter, Jorge Luiz
Resumo Os padrões de abundância e distribuição de epífitos vasculares foram estudados em espécimes isolados de Ficus organensis (Miq.) Miq. no norte da planície costeira do Rio Grande do Sul. A área de estudo está situada próximo ao Município de Terra de Areia (29º35’S; 50º04’W), uma região com clima subtropical úmido (Cfa). Um total de 60 árvores foram escaladas para o inventário dos epífitos vasculares. A abundância relativa foi estimada para as espécies e o índice de diversidade de Shannon para a comunidade. A distribuição espacial dos epífitos vasculares foi estimada analisando sua ocorrência em segmentos estruturais das árvores hospedeiras (fuste, copas interna e externa) e aplicando uma técnica de análise multivariada (PCO). A composição florística resultou em 77 espécies, 32 gêneros e 10 famílias, com um índice de Shannon de 3,519 nats. Quatro espécies apresentaram valores de importância distintamente maiores, 12 valores intermediários e 61 valores relativamente menores. O mesmo padrão foi obtido com a ordenação das espécies. A riqueza epifítica por segmentos das árvores hospedeiras mostrou-se maior na copa interna, refletindo um hábitat mais favorável provido pelos ramos espessos e horizontais. A diversidade comunitária é relativamente alta considerando-se uma única espécie de forófito e um conjunto de ambientes perturbados. A distribuição das espécies epifíticas em três grupos em função das estimativas de abundância foi previamente observada para florestas costeiras melhor preservadas na mesma região.
Abstract Abundance and distribution patterns of vascular epiphytes were studied on isolated specimens of Ficus organensis in the northern coastal plain of Rio Grande Sul. The study area lies around Terra de Areia town (29°35’S; 50°04’W), a region with a humid subtropical climate (Cfa). A total of 60 trees were climbed for the inventory of vascular epiphytes. Abundance parameters were estimated for the species and the Shannon diversity index was calculated for the community. Spatial distribution of vascular epiphytes was detected in two ways, one analyzing occurrence on structural segments of host trees (stem, inner and outer crown) and other applying a multivariate technique (principal coordinate analysis). Floristic composition resulted in 77 species, 32 genera and 10 families. The Shannon index of diversity resulted in 3.519 nats/individual. Four species presented a distinct higher value of importance, 12 species presented intermediate values and 61 relatively lower values. The same pattern was obtained with the ordination of species. Epiphytic richness according to host tree segments showed the higher species number in the inner crown. The community diversity may be considered as relatively high for a study with a single phorophyte species and a set of disturbed environments. The distribution of epiphytic species into three distinct groups according to abundance estimates was previously observed for wellpreserved coastal plain forests of the same region. The highest richness in the inner crown obviously reflects a suitable habitat provided by relatively thick and horizontal branches.
Contido em Acta botanica brasilica. São Paulo, SP. Vol. 16, n. 4 (2002), p. 429-441
Assunto Fitossociologia : Brasil : Rio Grande do Sul
Floristica
[en] Abundance
[en] Distribution
[en] Epiphytism
[en] Fig tree
[en] Southern Brazil
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/86823
Arquivos Descrição Formato
000327862.pdf (379.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.