Repositório Digital

A- A A+

A comunicação como fator de segurança e proteção ao parto

.

A comunicação como fator de segurança e proteção ao parto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A comunicação como fator de segurança e proteção ao parto
Outro título Communication as a safety and protection factor in childbirth
Outro título Comunicación como factor de seguridad y protección en el parto, La
Autor Dornfeld, Dinara
Pedro, Eva Néri Rubim
Resumo Estudo qualitativo, descritivo-exploratório, realizado em uma maternidade pública no município de Porto Alegre/RS, no período entre março e julho de 2010. Teve como objetivo observar e analisar a atuação da equipe de saúde a respeito da segurança e proteção do binômio mãe-bebê no parto. Foram observadas 20 cenas de parto, sendo que os dados parciais apresentados neste artigo referem-se a 10 observações. Dentre os elementos a serem analisados, destaca-se a comunicação estabelecida entre a equipe de saúde e a mulher, por ser a primeira categoria que emergiu. Os resultados mostraram a comunicação iatrogênica, porém evidenciou-se também o apoio empático e o incentivo à presença do acompanhante. A análise evidenciou que a equipe de saúde tem papel relevante na segurança e proteção do binômio mãe-bebê. Salienta-se a importância da enfermeira como agente de mudança para um modelo de atenção à saúde focado nas necessidades da mulher-RN-família.
Abstract Exploratory and descriptive study that was carried out in a public maternity in the city of Porto Alegre/RS, from March to July 2010. The objective was to observe and analyze health team performance regarding safety and protection mother-child binomial during delivery. Twenty deliveries were observed, and the partial data presented correspond to ten observations. Among the elements to be analyzed, in this article we have selected the communication established between health team and woman, for being the first emerged category. Results have shown iatrogenic communication, but empathic support and stimulus to the presence of the mother’s companion have also been evidenced. The analysis has shown that the health care team has an important role in safety and protection of the mother-child binomial. The importance of nurses as changing agents has been highlighted in the model of health care directed towards the needs of the woman, newborn and family.
Resumen Estudio exploratorio-descriptivo, de índole cualitativo, realizado en una maternidad pública de Porto Alegre/RS, entre marzo y julio de 2010. Tuvo como objetivo observar y evaluar la seguridad y protección del binomio mamá-bebé durante el nacimiento. Fueron observadas 20 escenas de parto, aunque los datos parciales presentados se refieren a 10 partos. Entre los elementos analizados, se seleccionó para el presente artículo la comunicación establecida entre los profesionales de la salud y la paciente por ser la primera categoría que surgió. Los resultados mostraron la comunicación iatrogénica, sin embargo, también se evidenció el apoyo empático y el incentivo a la presencia del acompañante. El análisis mostró que los profesionales de la salud tienen un papel relevante en la seguridad y protección del binomio mamá-bebé. Se destaca la importancia de la enfermera como agente de cambio para el modelo de atención a la salud direccionado a las necesidades de la mujer-RN-familia.
Contido em Revista Eletrônica de Enfermagem. Goiânia. Vol. 13, n. 2 (2011), p. 190-198
Assunto Cuidados de enfermagem
Parto humanizado
[en] Communication
[en] Comunicación
[en] Humanizing delivery
[en] Nursing care
[en] Parto humanizado
[en] Safety
[en] Seguridad
[es] Atención de enfermería
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/86837
Arquivos Descrição Formato
000785312.pdf (158.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.