Repositório Digital

A- A A+

O impacto da promoção de preços sobre o Consumer-Based Brand Equity : um estudo experimental a partir de anúncios impressos

.

O impacto da promoção de preços sobre o Consumer-Based Brand Equity : um estudo experimental a partir de anúncios impressos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O impacto da promoção de preços sobre o Consumer-Based Brand Equity : um estudo experimental a partir de anúncios impressos
Autor Pires, Diogo Manoel Simões
Orientador Slongo, Luiz Antonio
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Consumo
Marca
Preço
Valor da marca
[en] Brand
[en] Consumer-based brand equity
[en] Experimental research
[en] Marketing
[en] Price promotions
Resumo As marcas estão presentes no cotidiano dos consumidores e das organizações. Para os indivíduos, as marcas são carregadas de simbolismos, representações e complexos signos de posicionamento social enquanto, para as empresas, as marcas se tornam um ativo extremamente valioso, capaz de diferenciar as suas ofertas em um mercado comoditizado e influenciar o comportamento do consumidor. Neste cenário, o cuidado com a marca na percepção dos consumidores surge quase como condição para uma eficaz gestão estratégica de marketing nas empresas e, também, terreno fértil para pesquisas acadêmicas. Entre os cuidados que a empresa deve ter com as marcas sobre as percepções do consumidor, as estratégias promocionais baseadas na redução de preços merecem atenção. O presente estudo verifica o impacto que a promoção de preços (descontos e ofertas) exerce sobre o Consumer-based Brand Equity (CBBE). Por meio de uma pesquisa experimental do tipo between-subject, uma amostra de 300 estudantes universitários divididos igualmente em seis unidades de teste, foi estimulada através de anúncios impressos, a avaliar o CBBE de duas marcas de tênis (Diadora e Nike) que apresentavam três diferentes níveis de desconto (nenhum, baixo e alto) sobre um preço de referência - em um design fatorial 2x3 - a fim de avaliar se a presença e a intensidade das promoções de preços, presentes no anúncio, influenciariam as percepções dos respondentes sobre as marcas. A pesquisa também avaliou simultaneamente o comportamento de duas metodologias de mensuração distintas: (1) a metodologia de Yoo e Donthu (2001) que mensura elementos cognitivos e comportamentais e (2) a metodologia de Vázquez, Río e Iglésias (2002) que mensura o Consumer-based Brand Equity com base em duas dimensões de utilidade da marca: valor funcional e valor simbólico. Entre os principais achados desta pesquisa, pode-se destacar que - ao contrário do suporte teórico - neste experimento, a promoção de preços quando aplicada em anúncios impressos, não gerou impacto estatiscamente significativo sobre a média geral do Consumer-based Brand Equity e tão pouco sobre suas dimensões separadamente. A principal contribuição gerencial desta pesquisa consiste na indicação de evidências de que as promoções de preços, enquanto estratégias de curto prazo, podem continuar sendo uma das mais utilizadas estratégias de promoção de vendas sem prejuízo ao valor da marca na percepção do consumidor. Sob o ponto de vista acadêmico, este trabalho contribui principalmente na validação da escala de Yoo e Donthu (2001) no contexto brasileiro e em pesquisas experimentais. Da mesma forma, esta pesquisa ajuda a validar a ainda pouco utilizada escala de Vázquez, Río e Iglésias (2002) indicando que esta escala de mensuração precisa de outros estudos mais robustos até adquirir a solidez necessária à sua ampla utilização. Também como uma das implicações acadêmicas desta pesquisa, destacam-se os indicativos que, em um contexto de pesquisa experimental, os achados de alguns autores como Yoo, Donthu e Lee (2000), Villarejo-Ramos e Sanchez-Franco (2005) e Buil, Chernatony e Martínez (2008, 2011) que identificaram a influência das promoções de preços sobre certas dimensões do Consumer-based Brand Equity merecem ser revistos.
Abstract Brands are present in consumers life and organizations. For individuals, brands are loaded with symbolism, representations and complex social positioning signs. As for businesses, brands become an extremely valuable asset, able to differentiate their offerings in a commoditized market and influence consumer behavior. In this scenario, the care with the brand in consumers' perception emerges almost as a condition for effective strategic marketing management in firms and also fertile ground for academic research. Among the care the company should have with brands on consumer perceptions, promotional strategies based on reducing prices deserve attention. This study evaluates the impact of price promotions (discounts and offers) exerts on the Consumer-based Brand Equity (CBBE). Through an experimental study of the between-subject type, a sample of 300 college students divided equally into six test units was stimulated through print ads, to evaluate the CBBE of two sneaker brands (Nike and Diadora) which had three different discount levels (none, low and high) on a reference price - in a 2x3 factorial design - in order to assess if the presence and intensity of price promotions, present on the announcement, influence the perceptions of respondents about brands. The survey also assessed simultaneously the behavior of two different measurement methodologies: (1) the methodology of Yoo and Donthu (2001), which measures cognitive and behavioral elements and (2) the methodology of Vázquez, Rio and Iglesias (2002) which measures the Consumer-based Brand Equity based on two dimensions of use of the mark: functional value and symbolic value. Among the key findings of this research, it can be noted that - unlike the theoretical support - in this experiment, the promotion price when applied in print ads did not generate statistically significant impact on the overall average of the Consumer-based Brand Equity and neither on its dimensions separately. The main managerial contribution of this research is the indication of evidence that price promotions, when used as shortterm strategies, may still be one of the most used strategies to promote sales without prejudice to the value of the brand in consumer's perception. From the academic point of view, this work contributes mainly in the scale validation of Yoo and Donthu (2001) in the Brazilian context and experimental research. Likewise, this research helps validate the still underused scale of Vázquez, Rio and Iglesias (2002) indicating that this scale of measurement needs other more robust studies to acquire the necessary strength to its extensive use. Also as one of the academic implications of this research highlight the indicative that in the context of experimental research, the findings of authors like Yoo, Donthu and Lee (2000), Villarejo-Ramos and Sanchez- Franco (2005) and Buil, Chernatony and Martínez (2008, 2011) who identified the influence of price promotions on certain dimensions of Consumer-based Brand Equity deserve to be reviewed.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/86861
Arquivos Descrição Formato
000910305.pdf (4.012Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.