Repositório Digital

A- A A+

Controle de papuã (Urochloa plantaginea) e produtividade de milho em solo argiloso através de formulação e doses de atrazina com liberação controlada

.

Controle de papuã (Urochloa plantaginea) e produtividade de milho em solo argiloso através de formulação e doses de atrazina com liberação controlada

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Controle de papuã (Urochloa plantaginea) e produtividade de milho em solo argiloso através de formulação e doses de atrazina com liberação controlada
Outro título Control of alexandergrass and maize yield in a clay soil through concentrations and controlled release formulation and doses of atrazine
Autor Marchesan, Eli Danieli
Trezzi, Michelangelo Muzell
Vidal, Ribas Antonio
Dick, Deborah Pinheiro
Dedordi, Gabrieli
Xavier, Elouize
Resumo A utilização de herbicidas com formulações com liberação controlada poderá se constituir em uma ferramenta importante para reduzir problemas de lixiviação e garantir a eficácia desses produtos. O objetivo do presente trabalho foi comparar a eficiência de controle de Urochloa plantaginea (UROPL) e o rendimento de grãos de milho entre uma formulação de atrazina comercial (WG) e uma formulação de liberação controlada (xerogel). O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso, em parcelas subdivididas, com quatro repetições, em um esquema (2x7)+1. Nas parcelas principais, foram locadas as formulações de atrazina (WG e xerogel) e, nas subparcelas, as concentrações dos herbicidas (0, 2400, 3200, 3600, 4200, 5400 e 8000g de atrazina ha-1). Foram determinados os níveis de controle e densidade de plantas de UROPL e o rendimento de grãos da cultura do milho. A elevação das doses de atrazina resultou em aumento dos níveis de controle de UROPL. Em avaliações realizadas aos 28 e 35 dias após a aplicação, a atrazina xerogel demonstrou eficiência agronômica superior à formulação WG. Não ocorreram diferenças de rendimento de grãos de milho em parcelas tratadas com diferentes formulações e níveis de atrazina.
Abstract The use of herbicides with controlled release formulations may constitute important tool to reduce leaching problems and increase the efficacy of atrazine in soil. The aim of this study was to compare the efficiency of control of Urochloa plantaginea (UROPL) and corn grain yield from a commercial formulation (WG) of atrazine and a controlled-release formulation (xerogel). The design was randomized blocks in split plots with four replications in a scheme (2x7)+1. Factor A consisted of the formulations of atrazine (WG and xerogel), factor B concentrations of herbicide (0, 2400, 3200, 3600, 4200, 5400 and 8000ha atrazine g-1). Variables assessed consisted of control levels, plant density of UROPL and corn grain yield. The increasing levels of atrazine resulted in increased levels of control UROPL. In assessments made at 28 and 35 days after application, atrazine xerogel showed higher agronomic effi ciency than the WG formulation. There were no differences in corn grain yield from plots treated with different formulations and atrazine levels.
Contido em Ciência rural. Santa Maria, RS. Vol. 43, n. 11 (nov. 2013), p. 1974-1980
Assunto Controle químico
Herbicida
Milho
Papuã
[en] Chemical control
[en] Soil herbicide
[en] Xerogel
[en] Zea mays
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/87097
Arquivos Descrição Formato
000911445.pdf (134.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.