Repositório Digital

A- A A+

Perdas dentárias, fatores associados e seu impacto sobre a qualidade de vida em adolescentes de Passo Fundo/RS

.

Perdas dentárias, fatores associados e seu impacto sobre a qualidade de vida em adolescentes de Passo Fundo/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perdas dentárias, fatores associados e seu impacto sobre a qualidade de vida em adolescentes de Passo Fundo/RS
Outro título Tooth loss, associated factors and its impact on quality of life in adolescents of Passo Fundo/RS
Autor Colussi, Paulo Roberto Grafitti
Orientador Rösing, Cassiano Kuchenbecker
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Adolescente
Perda dentária
Qualidade de vida
[en] Adolescence
[en] Associated factors
[en] Orthodontics
[en] Quality of life
[en] Socioeconomic
[en] Tooth loss
Resumo O objetivo da presente tese foi determinar a prevalência, extensão e fatores associados a perdas dentárias em adolescentes. Além disso, buscou avaliar o impacto da saúde bucal na qualidade de vida desses adolescentes. Para tanto, um estudo observacional transversal com 736 estudantes sorteados aleatoriamente, na faixa dos 15- 19 anos foi conduzido. O estudo incluiu 20 escolas públicas e privadas do ensino médio da cidade de Passo Fundo/RS. Exame clínico de contagem de dentes e entrevista com questionário estruturado, que incluiu aspectos sociodemográficos, comportamentais e de saúde bucal, foi aplicado. Qualidade de vida foi aferida pela aplicação do instrumento OHIP-14. No primeiro estudo, as perdas dentárias foram analisadas em dois modelos, um com adolescentes sem extração por motivo ortodôntico, e um segundo, com todos os adolescentes com extração dentária. A prevalência de perda dentária foi de 21,1% e a média foi de 0,42 dentes por indivíduo. O primeiro pré-molar superior foi o dente mais extraído. Através da análise de regressão de Poisson, apresentaram maior chance de ter perdas dentárias, adolescentes de etnia não branca (RP=1,72; IC95%: 1,15-2,60), filhos de mães com menor escolaridade (RP= 2,2; IC95%: 0,96-5,02), estudantes de escolas públicas (RP=4,16; IC95%: 0,98-17,59), com histórico com fumo (RP=1,91; IC95%: 1,15-3,17). Quando as extrações por motivo ortodôntico são removidas da análise, as diferenças demográficas e socioeconômicas ficam mais evidentes, com aumento da magnitude das associações. No segundo estudo, a média OHIP-14 foi 7,25. Não apresentaram associação com qualidade de vida, perdas dentárias e questões relacionadas à aparência e estética bucal. Por meio da análise de regressão logística multinomial, tiveram forte associação com maior impacto na qualidade de vida, ser estudante de escola pública (OR=1,63; IC95%: 0,98-2,70) e ter halitose autorreportada (OR=1,48; IC95%: 1,01-2,16). Condições demográficas, socioeconômicas e comportamentais foram associadas com perdas dentárias e com qualidade de vida em adolescentes brasileiros.
Abstract The aim of this thesis was to evaluate the prevalence, extent and factors associated with tooth loss in adolescents. In addition, we sought to assess the impact of oral health on quality of life of adolescents. Thus, a cross-sectional observational study with 736 students randomly selected in the range of 15-19 years was conducted. The study included 20 public and private high schools in the city of Passo Fundo/RS. Clinical examination comprosed counting of present teeth and interviews using a structured questionnaire that included sociodemographic, behavioral and oral healthrelated aspects. Quality of life was measured by OHIP-14. In the first study, tooth loss was analyzed in two models, one with adolescents without extraction for orthodontic reasons, and a second, with all adolescents with tooth extraction. The prevalence of tooth loss was 21.1% and the average was 0.42. The first premolar was the most extracted tooth. Through the analysis of Poisson regression, non-whites (PR = 1.72, 95% CI 1.15 to 2.60), children of mothers with less education (PR = 2.2, 95% CI 0.96 to 5.02), public school students (PR = 4.16, 95% CI 0.98 to 17.59), and with history with smoking (PR = 1.91, 95%: 1.15 to 3.17) were more likely to have experienced tooth loss. When the extractions related to orthodontic therapy are removed from the analysis, demographic and socioeconomic differences are more evident by increasing the magnitude of associations. In the second study, the mean OHIP-14 was 7.25. Tooth loss and issues related to appearance and oral aesthetics were not associated with OHIP-14. Through multinomial regression analysis, a strong association, with the greatest impact on quality of life, was observed between public school students (OR = 1.63, 95% CI 0.98 to 2.70) and having self-reported halitosis (OR = 1.48, 95% 1,01-2.16). Demographic, socioeconomic and behavioral variables were associated with tooth loss and quality of life in Brazilian adolescents.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/87187
Arquivos Descrição Formato
000910729.pdf (1.145Mb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.