Repositório Digital

A- A A+

Produção do cuidado de enfermeiros em atenção primária à saúde no atendimento em situações de urgência

.

Produção do cuidado de enfermeiros em atenção primária à saúde no atendimento em situações de urgência

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Produção do cuidado de enfermeiros em atenção primária à saúde no atendimento em situações de urgência
Outro título Production of primary care in the work process of nurses in demand emergency situations
Outro título Producción de cuidado primario en salud en el proceso laboral de los enfermeros y para atención en condición de urgencia
Autor Pelegrini, Alisia Helena Weis
Orientador Lima, Maria Alice Dias da Silva
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Atenção primária à saúde
Atenção primária à saúde
Enfermagem em emergência
Serviços médicos de emergência
[en] Emergency medical services
[en] Primary care nursing
[en] Primary health care
[en] Production of care
[en] Work process in health
[es] Atención primaria de salud
[es] Enfermería de atención primaria
[es] Proceso de trabajo en salud
[es] Producción de cuidado
[es] Servicios médicos de Urgencia
Resumo Este estudo teve como objetivo analisar a produção de cuidado primário em saúde no processo de trabalho dos enfermeiros com base na presença e na extensão dos atributos da atenção primária à saúde (APS) e no atendimento de usuários em situação de urgência. Foi utilizada a estratégia metodológica híbrida de combinação das abordagens qualitativas e quantitativas. A pesquisa foi desenvolvida com enfermeiros dos serviços de APS, unidades básicas de saúde (UBS) e unidades de saúde da família (USF) do Distrito Assistencial Glória/Cruzeiro/Cristal e do Distrito Assistencial Sul/Centro Sul do município de Porto Alegre. Na primeira etapa da pesquisa foram coletados dados qualitativos por meio de entrevista semiestruturada com 18 enfermeiros. Na segunda etapa foram coletados dados quantitativos através do instrumento Primary Care Assessment Tool – PCATool-Brasil, versão profissionais, com 52 enfermeiros. Os dados qualitativos foram tratados pela técnica de análise de conteúdo temática. Foi utilizado o software NVivo6 para operacionalização da análise qualitativa. Para organização dos dados quantitativos e realização das análises estatísticas foi utilizado o Programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre. Conforme as respostas dos enfermeiros ao instrumento PCATool-versão profissionais, as USF são as que apresentam maior presença e extensão dos atributos da APS, entretanto há necessidade de desenvolvimento e de aprimoração de alguns atributos. Há importantes barreiras de acesso em ambas as unidades estudadas. O atributo longitudinalidade foi mais bem avaliado nas USF do que nas UBS. O atributo coordenação - integração de cuidados e sistemas de informação apresentaram bons resultados em ambas as unidades de saúde estudadas. No atributo integralidade – serviços disponíveis e serviços prestados, os resultados encontrados foram melhores nas USF do que UBS. No atributo orientação familiar, os resultados foram muito bem avaliados em ambas as unidades estudadas. O atributo orientação comunitária obteve variações nos resultados, entretanto os melhores resultados foram encontrados nas USF. Neste sentido, análise de estrutura e processo da APS sob a ótica dos atributos aponta as influências da estrutura do serviço na concepção dos enfermeiros, na operacionalização dos atendimentos e na procura do serviço pelos usuários. De acordo com os depoimentos dos enfermeiros, é possível identificar que o atendimento de usuários em situação de urgência é parte integrante da rotina de trabalho Destaca-se importância da equipe de enfermagem no atendimento e em especial, o enfermeiro, que utiliza o saber clínico estruturado. Ficou evidente que os encaminhamentos dos usuários da APS para os serviços de urgência e emergência estão relacionados com a complexidade dos casos que exigem serviços com capacidade tecnológica adequada e infraestrutura insuficiente das unidades de saúde que se refere a medicamentos, equipamentos e espaço físico. Foi apontada a falta de instrumentos que orientam a avaliação dos usuários em situação de urgência e dificuldades nas relações com o SAMU. Foi visualizada, também, contradição entre as responsabilidades e a finalidade no atendimento de usuários em situação de urgência na APS. Entretanto, há um esforço dos enfermeiros no desenvolvimento de suas atividades em mobilizar conhecimentos e fazer articulações com os profissionais e com os serviços tradicionais de urgência para dar conta do atendimento dos usuários em situação de urgência. A potencialidade da longitudinalidade e do acesso devem ser exploradas, pois permitem ampliar o olhar sobre o usuário em situação de urgência, fortalecer e integrar a APS na rede de atenção às urgências.
Abstract The present study aimed to analyze the production of primary care in the work process of nurses based on the presence and extension of primary health care (PHC) attributes and demand users in emergency situations.The hybrid methodological strategy that combines quantitative and qualitative approaches was used. This research project was developed with nurses of PHC services, primary care units (PCU) and family health units (FHU) of the Glória/Cruzeiro/Cristal Health Care District and the Southern/Mid-Southern Health Care District of the city of Porto Alegre, Southeastern Brazil. In the first stage of this study, qualitative data were collected through semi-structured interviews with 18 nurses. In the second stage, quantitative data were collected with the Primary Care Assessment Tool – PCATool-Brasil, professional version, including 52 nurses. Qualitative data were treated with the thematic content analysis technique. The NVivo6 software program was used for the operationalization of the qualitative analysis. The Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) software was used to organize the quantitative data and perform the statistical analyses. This research project was approved by the Research Ethics Committee of the City of Porto Alegre Department of Health. Based on the nurses’ responses to the PCATool, professional version, the FHU were those with the greatest presence and extension of PCH attributes. However, there is need for the development and improvement of certain attributes. There are important barriers to access in both units studied. The “longitudinality” attribute was much better assessed in the FHUs than PCUs. The “coordination-integration of care and information systems” attribute showed good results in both health units studied. The results found for the “integrality-services available and services provided” attribute were better in the FHU than PCU. The “family orientation” attribute led to results that were very well assessed in both units studied. The results of the “community orientation” attribute had variations and the FHUs showed better results. In this sense, the analysis of the PHC structure and process from the perspective of the attributes point to the influences of the service structure on nurses’ conception, operationalization of care and users’ search for services. According to the nurses’ reports, it is possible to identify that the care provided to users in emergency situations is an integral part of the work routine. The importance of the nursing team, especially nurses, in the care service should be emphasized, as they use structured clinical knowledge. It was evident that the referrals of users from the PHUs to emergency services are associated to the complexity of cases requiring services with adequate technological capacity and to the insufficient infrastructure of health units with regard to medications, equipment and physical space. The present study indicated the lack of instruments to guide the assessment of users in emergency situations and difficulties in interacting with the Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (SAMU – Mobile Emergency Care Service). Additionally, there was a contradiction between the responsibilities and the purpose of care for users in emergency situations in the PHUs. However, nurses make an effort in the development of their activities to gather knowledge and interact with other professionals and traditional emergency services, aiming to provide care for users in emergency situations. The potential of longitudinality and access must be explored, as they enable the broadening of one’s perspective of users in emergency situations, and the strengthening and integration of the PHUs with the emergency service network.
Resumen Se objetivó analizar la producción de cuidado primario en salud en el proceso laboral de los enfermeros en base a la presencia y la extensión de los atributos de la atención primaria de salud (APS) y para atención de pacientes en condición de urgencia. Se utilizó la estrategia metodológica híbrida de combinación de abordajes cualitativos y cuantitativos. Investigación desarrollada con enfermeros de los servicios de APS, unidades básicas de salud (UBS) y unidades de salud de la familia (USF) del Distrito Asistencial Glória/Cruzeiro/Cristal y del Distrito Asistencial Sur/Centro Sur del municipio de Porto Alegre. En la primera etapa de la investigación, fueron recolectados datos cualitativos mediante entrevista semiestructurada con 18 enfermeros. En la segunda etapa se recogieron datos cuantitativos utilizando el instrumento Primary Care Assessment Tool – PCATool-Brasil, versión profesionales, con 52 enfermeros. Los datos cualitativos fueron tratados según análisis de contenido temático. Se utilizó el software NVivo6 para la gestión del análisis cualitativo. Para organizar los datos cuantitativos y realizar el análisis estadístico se utilizó el Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). La investigación fue aprobada por el Comité de Ética en Investigación de la Secretaría Municipal de Salud de Porto Alegre. Conforme las respuestas de los enfermeros al instrumento PCATool-versión profesionales, las USF son las que presentan mayor presencia y extensión de los atributos de la APS, aunque hay necesidad de desarrollo y mejora de algunos de los atributos. Existen importantes barreras de acceso en las dos unidades estudiadas. El atributo longitudinalidad fue mejor evaluado en las USF que en las UBS. El atributo coordinación – integración de cuidados y sistemas de información expresan buenos resultados en las dos unidades de salud estudiadas. El atributo orientación comunitaria tuvo variaciones en sus resultados, aunque los mejores resultados fueron obtenidos en las USF. En este sentido, el análisis de estructura y proceso de la APS bajo la óptica de los atributos expresa las influencias de la estructura del servicio en la concepción de los enfermeros, en la operatividad de las atenciones y en la procura del servicio por los pacientes. De acuerdo con los testimonios de los enfermeros, es posible identificar que la atención de pacientes en condición de urgencia es parte integral de la rutina de trabajo. Se destaca la importancia del equipo de enfermería en la atención y, especialmente, el enfermero, que hace uso del conocimiento clínico estructurado. Resultó evidente que las derivaciones de pacientes de la APS hacia los servicios de urgencia y emergencia están relacionadas con la complejidad de los casos que exigen de servicios con capacidad tecnológica adecuada e infraestructura insuficiente de la unidad en lo atinente a medicamentos, equipamiento y espacio físico. Resultó señalada la falta de instrumentos que orientan la evaluación de los pacientes en situación de urgencia y dificultades en las relaciones con el SAMU. Se observó también contradicción entre las responsabilidades y la finalidad en la atención de pacientes en condición de emergencia en la APS. Sin embargo, existe un esfuerzo de los enfermeros en el desarrollo de sus actividades enfocado a disponibilizar conocimientos y efectuar articulaciones con los profesionales y con los servicios tradicionales de urgencias para encargarse de la atención de pacientes en condición de urgencia. La potencialidad de la longitudinalidad y del acceso deben ser estudiadas, pues permiten ampliar la visión sobre el paciente en condición de urgencia, fortalecer e integrar a la APS a la red de atención de urgencias.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/87224
Arquivos Descrição Formato
000910815.pdf (1.866Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.