Repositório Digital

A- A A+

Vulnerabilidades socioambientais e formas de adaptação de agricultores familiares localizados em áreas próximas a lavouras orizícolas em Itaqui – RS

.

Vulnerabilidades socioambientais e formas de adaptação de agricultores familiares localizados em áreas próximas a lavouras orizícolas em Itaqui – RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Vulnerabilidades socioambientais e formas de adaptação de agricultores familiares localizados em áreas próximas a lavouras orizícolas em Itaqui – RS
Autor Talhaferro, Darlei Regis Lopes
Orientador Almeida, Jalcione Pereira de
Co-orientador Claudino, Livio Sergio Dias
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Tecnólogo em Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural a Distância.
Assunto Desenvolvimento rural
[en] Environmental vulnerability
[en] Family farming
[en] Irrigated rice
[en] Pesticides
Resumo O setor agrícola, apontado como principal fornecedor de alimentos, desempenhou um papel fundamental ao longo da história do desenvolvimento da humanidade, porém, este setor passou por diversas transformações, principalmente após a introdução de compostos químicos nos meios de produção agrícola. O atual modelo de produção agrícola desenvolvido no Brasil, baseado na utilização de pacotes tecnológicos e insumos industriais, deu ao país, desde 2008, o posto de maior consumidor mundial de agrotóxicos. O uso indiscriminado e muitas vezes incorreto de agrotóxicos na agricultura representa uma situação de risco para a saúde humana e para o meio ambiente, seja pelo consumo de água e alimentos contaminados, exposição ocupacional dos trabalhadores que têm contato com esses produtos químicos, ou pelos impactos negativos causados à biodiversidade. O município itaquiense é destaque no cenário nacional na produção de arroz irrigado, porém, a utilização intensiva de agrotóxicos neste cultivo vem ocasionando diversos prejuízos a propriedades de agricultores familiares localizados próximos a estas plantações. O presente estudo teve como objetivo principal analisar as situações de vulnerabilidade socioambiental e as formas de adaptação e enfrentamento adotadas por agricultores familiares com propriedades em áreas no entorno de lavouras orizícolas em Itaqui – RS. Para cumprir com o objetivo, foi desenvolvida uma pesquisa de caráter qualitativo e exploratório, que abrangeu seis agricultores familiares com propriedades próximas a lavouras de arroz. A coleta de dados primários foi realizada por meio de entrevistas semi-estruturada. Os resultados obtidos nesta pesquisa demonstram que o uso indiscriminado de agrotóxicos no arroz coloca em risco os moradores das propriedades onde foram realizadas as entrevistas, além de configurar um perigo eminente para o meio ambiente. Todos os agricultores entrevistados relatam já haver enfrentado problemas com agrotóxicos utilizados no cultivo de arroz, e embora não tenha sido registrado nenhum caso de intoxicação aguda nessas famílias, há o risco de desenvolverem doenças crônicas, devido ao longo período que esses moradores permanecem em contato com esses produtos.
Abstract The agricultural sector, touted as the main provider of food, played a key role throughout the history of human development, however, this sector has gone through several transformations, especially after the introduction of chemical compounds in the means of agricultural production. The current model of agricultural production developed in Brazil, based on the use of technological packages and industrial inputs, given the country since 2008, as the largest consumer of pesticides. The indiscriminate and often incorrect pesticides in agriculture poses a risk to human health and the environment, either by consumption of contaminated food and water, occupational exposure of workers who have contact with these chemicals, or the impacts negatives caused to biodiversity. The municipality itaquiense is featured in the national production of rice, however, the intensive use of pesticides in this cultivation has caused several damages to family farms located near these plantations. The present study aimed to analyze the environmental situations of vulnerability and ways to adapt and cope adopted by farmers with properties in areas surrounding the rice pads in Itaqui - RS. To meet the goal, we developed a qualitative study and exploratory, which spanned six farmers with property near the rice fields. The primary data collection was conducted through semi-structured interviews. The results of this research show that the indiscriminate use of pesticides in rice endangers residents of properties where the interviews were conducted, and configure an imminent danger to the environment. All farmers interviewed reported having already faced problems with pesticides used in rice cultivation, and although there has been no case of acute poisoning in these families, there is the risk of developing chronic diseases, due to the long period that these residents remain in contact with these products.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/87366
Arquivos Descrição Formato
000907541.pdf (1.807Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.