Repositório Digital

A- A A+

Racionalidades, cidadania e desenvolvimento rural : a formação do técnico em agropecuária no norte de Minas Gerais

.

Racionalidades, cidadania e desenvolvimento rural : a formação do técnico em agropecuária no norte de Minas Gerais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Racionalidades, cidadania e desenvolvimento rural : a formação do técnico em agropecuária no norte de Minas Gerais
Autor Mendes, Maria Aparecida Colares
Orientador Gehlen, Ivaldo
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Cidadania
Desenvolvimento rural
Extensão rural
Formação profissional
Minas Gerais, Norte
[en] Agricultural technician education
[en] Citizenship
[en] Rationality
Resumo A tese aqui apresentada trata da formação do Técnico em Agropecuária ofertada pela rede federal de ensino. Foram propostas como questões: a educação profissional Técnica Agropecuária das instituições federais pesquisadas provocou/provoca transformações sociais (econômicas e culturais) regionais? A educação profissional Técnica Agropecuária oferecida nestas instituições tem contribuído para a ampliação da cidadania e para as mudanças tecnológicas regionais? Buscou-se analisar a educação profissional Técnica Agropecuária na perspectiva da ampliação da cidadania, frente às transformações sociais (econômicas e culturais regionais) e às mudanças tecnológicas. Definiram-se duas hipóteses que auxiliaram o estudo. A primeira: as racionalidades expressas nos projetos pedagógicos de formação profissional em nível médio integrada ao curso Técnico em Agropecuária denotam uma concepção tecnicista e reprodutivista; e a segunda: a educação profissional em nível médio integrada ao curso Técnico em Agropecuária favorece uma formação crítica e transformadora que resulta na ampliação da cidadania. Tem como conceitos analíticos: racionalidades e cidadania, que serviram para a definição das categorias de análise. Com a intenção de fundamentar tais conceitos, abordaram-se: as teorias da educação, tratadas aqui como racionalidades conceituais e, ainda, formação profissional e trabalho. E permeando a análise, destacase o desenvolvimento rural, como um ponto de circularidade da tese. Vários autores auxiliaram o universo teórico: Paulo Freire, com a discussão sobre educação e cidadania, Amartya Sen, nas análises sobre desenvolvimento rural e cidadania; Hannah Arendt, nas discussões sobre cidadania, liberdade e participação; Max Weber, no plano metodológico e nos conceitos de ação social e racionalidade, em específico, dominação e poder. Optou-se por uma abordagem qualitativa. Os procedimentos de coleta de dados foram: entrevistas semiestruturadas, sessão temática de grupo focal e análise de questionários. No plano de análise, utilizou-se o programa Nvivo 8.0, que deu suporte para a sistematização dos dados. Conforme análise realizada, a primeira hipótese, em relação à presença da racionalidade reprodutivista no processo de formação, foi parcialmente confirmada, pois se percebe que, apesar de confirmarem-se traços reprodutivistas na formação do Técnico em Agropecuária, localizam-se, também, focos de resistência e que representam ações transformadoras, principalmente em relação à atuação do formador. Quanto à segunda hipótese, que se refere à ampliação da cidadania, confirma-se também parcialmente, faz-se necessária a construção de uma cidadania plena e emancipada, comprometida com um projeto de participação coletiva, pois a formação ainda apresenta sinais de uma racionalidade individualista e competitiva, vinculada aos ditames da racionalidade capitalista. Em relação à questão do estudo, verificou-se que a educação profissional Técnica Agropecuária das instituições federais pesquisadas historicamente provocou, e ainda provoca, transformações sociais (econômicas e culturais) regionais, pois possibilitou, no geral, uma formação sólida aos técnicos, expandiu o desenvolvimento tecnológico rural/regional, favorecendo a elevação da escolaridade e a inserção dos jovens no mundo do trabalho, provocando, assim
Abstract This thesis deals with the Agricultural Technician’s education offered by the federal institution of learning. Questions were proposed: Does the Agricultural technician’s education of the federal institutions studied caused/cause regional social change (economic and cultural)? Does the Agricultural technician’s education offered in these institutions have contributed to the expansion of the citizenship and for the regional technological changes? We sought to analyze the Agricultural technician’s education in view of the citizenship expansion in the face of social (economic, regional and cultural) change and technological changes. Two hypotheses were defined for this study. The first was that the rationales expressed in the pedagogical projects of professional education for high school level integrated to the Agricultural Technician course denote a technicist and a reproductivist conception. The second was that professional education for high school level integrated to the Agricultural Technician course favors a critical and transformative education that results in the citizenship enhancement. It has analytical concepts such as rationality and citizenship which served to define the analysis categories. With the intention to support such concepts we approached education theories treated here as concept rationales and also professional and work education. And permeating the analysis, there is the rural development as a circularity point of this work. Several authors composed the theoretical universe: Paulo Freire, with the discussion on education and citizenship, Amartya Sen in analyses of rural development and citizenship; Hannah Arendt in discussions about citizenship, freedom and participation, Max Weber in the methodological plan and in the social action and rationality concepts and in particular, dominance and power. We chose a qualitative approach. The procedures for data collection were semi-structured interviews, focal group theme session and questionnaire analysis. The program Nvivo 8.0 was used in the analysis to support the data systematization. According to the analysis, the first hypothesis regarding the presence of reproductivist rationality in the training process was partially confirmed as one realizes that despite confirming reproductivist traces in the education of the Agricultural Technician, resistance focuses may be also located and represent transformative actions, especially regarding the teacher’s role. The second hypothesis which refers to the citizenship expansion is also confirmed in part, to build a full and emancipated citizenship is necessary committed to a project of collective participation because education still shows signs of an individualistic and competitive rationality linked to the dictates of capitalist rationality. Regarding the question of the study, it was found that the Agricultural technician’s professional education of federal institutions studied caused historically and still causes regional and social (economic and cultural) changes because on the whole, it enabled a solid education to technicians, expanded rural / regional technological development favoring increased schooling and integration of young people in the work market thereby causing substantial changes in agricultural development in the north of Minas Gerais.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/87376
Arquivos Descrição Formato
000906128.pdf (6.250Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.