Repositório Digital

A- A A+

Estudo das práticas de cultivo e o contexto sociocultural do grupo kaingang da aldeia Três Soitas da reserva indígena do Guarita – Tenente Portela / RS

.

Estudo das práticas de cultivo e o contexto sociocultural do grupo kaingang da aldeia Três Soitas da reserva indígena do Guarita – Tenente Portela / RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo das práticas de cultivo e o contexto sociocultural do grupo kaingang da aldeia Três Soitas da reserva indígena do Guarita – Tenente Portela / RS
Autor Gasparetto, Adriana Teresinha Owergoor
Orientador Kubo, Rumi Regina
Co-orientador Binkowski, Patrícia
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Tecnólogo em Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural a Distância.
Assunto Desenvolvimento rural
[en] Agricultural practices
[en] Historical trajectory
[en] Indian Kaingangs
[en] Rio Grande do Sul
Resumo Este trabalho estuda o processo de colonização, trajetória histórica e agrícola dos índios kaingangs da Aldeia Três da Reserva Indígena do Guarita – RS. O estudo mostra a trajetória histórica e agrícola desse grupo que, com o passar dos anos vem demonstrando novas práticas agrícolas em função de mudanças ocorridas com a redução e expropriação de seu território e o processo de transfiguração étnica. O crescente contato com o branco e com o mundo globalizado trouxe algumas mudanças para este grupo, partindo deste pressuposto foram analisadaa a sua trajetória história e suas práticas agrícolas ressignificadas ao longo do tempo, a partir da interlocução e realização de entrevistas semiestruturadas com membros da comunidade. Os sistemas produtivos dos Kaingang se baseiam, sobretudo, no cultivo de milho, feijão, moranga, mandioca e batata-doce, e alguns plantam soja, bem como na criação de animais de pequeno porte. Os cultivos de milho e feijão são os de maior importância comercial. Através da análise das entrevistas percebe-se que os kaingangs vêm encontrando crescentes dificuldades para subsistir em função da pressão exercida pelas monoculturas da soja, trigo e milho comercial – que, historicamente, estão presentes no território indígena por meio do arrendamento realizado por não-índios.
Abstract This work studies the process of colonization, historical trajectory and Indian agricultural village kaingangs Tres Soitas Indigenous Reserve of Guarita-RS. The study shows the historical trajectory and farming over the years has been demonstrating new agricultural practices. This changes have relations with the reduction and expropriation of their land and the ethnic transfiguration. process His contact with white and with the globalized world has brought some changes to this group, based on this assumption was analyzed his history and its agricultural practices re-signified over time. The productive systems of the Kaingang people are based mainly in the cultivation of corn, beans, squash, cassava and sweet potatoes, and some plant soybeans, as well as in the creation of small animals. Corn and bean crops are the most important. Through the analysis of the interviews, the study shows the difficulty to survive, related with the pressure from monocultures of soy, wheat and corn sales-which, historically present in the Indian territory.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/87401
Arquivos Descrição Formato
000908184.pdf (1.207Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.