Repositório Digital

A- A A+

O emprego rural formal no município de Quaraí : um estudo sobre as condições de trabalho na pecuária

.

O emprego rural formal no município de Quaraí : um estudo sobre as condições de trabalho na pecuária

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O emprego rural formal no município de Quaraí : um estudo sobre as condições de trabalho na pecuária
Autor Marques, Daniel Cleu Alves
Orientador Mocelin, Daniel Gustavo
Co-orientador Ramos, João Daniel Dorneles
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Tecnólogo em Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural a Distância.
Assunto Desenvolvimento rural
[es] Condiciones de trabajo
[es] Empleo rural
[es] Satisfacción y/o insatisfacción en el empleo
Resumo O presente estudo analisa as condições de trabalho na pecuária no município de Quaraí, localizado na região da fronteira oeste do Rio Grande do Sul. Durante os estudos buscou-se analisar aspectos relacionados ao bem-estar dos trabalhadores rurais empregados formalmente na pecuária e verificar se as condições de trabalho são atrativas para o trabalhador na pecuária. O estudo é qualitativo, realizado com pesquisas bibliográficas relacionadas ao tema de estudo, e com roteiro de entrevistas semiestruturadas com cinco empregados rurais formalizados em atividade na pecuária e dois trabalhadores rurais aposentados. No aspecto conceitual buscou-se uma bibliografia que desse respaldo amplo e que abordasse o trabalho rural, as condições de trabalho e a satisfação dos trabalhadores rurais. O estudo busca analisar se o trabalho formal na pecuária pode gerar bem-estar aos trabalhadores rurais, considerando que ao não gerar satisfação, pode estar afastando os trabalhadores do emprego na pecuária. Após serem analisadas as condições de trabalho, identificou-se que o aspecto moradia é o que mais causou satisfação aos trabalhadores em atividade, e que a renda é o aspecto que mais gera insatisfação para estes trabalhadores. Outro aspecto que chama a atenção são os riscos de acidente de trabalho que os trabalhadores ficam expostos durante suas atividades.
Resumen El presente estudio analiza las condiciones de trabajo en la pecuaria del municipio de Quaraí, localizado en la región de la frontera oeste del Rio Grande del Sur. Durante los estudios se procuró analizar los aspectos relacionados al bien-estar de los trabajadores rurales empleados de manera formal en la pecuaria e comprobar se las condiciones de trabajo son atractivas para el trabajador de la pecuaria. El estudio es cualitativo, realizado a través de investigaciones bibliográficas relacionadas al tema de estudio y con guion de entrevistas semiestructuradas con 05 empleados rurales registrados activos en la pecuaria y 02 trabajadores rurales jubilados. En el aspecto conceptual se buscó una bibliografía que contemplase un amplio respaldo y que abordara el trabajo rural, las condiciones de trabajo y la satisfacción de los trabajadoresrurales.El estudio busca analizar si el trabajo con un contrato formal en la pecuaria puede generar bien-estar a los trabajadores rurales, considerando que, al no generar, satisfacción puede estar alejando los trabajadores del trabajo en la pecuaria. Después de ser analizadas las condiciones de trabajo, se identificó que el aspecto moradía es el que más ha causado satisfacción a los trabajadores en actividad, y que la renta mensual es el aspecto que más genera insatisfacción para estos trabajadores. Otro aspecto que llama la atención son los riesgos de accidente de trabajo a lo que los trabajadores están expuestos durante sus actividades.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/87443
Arquivos Descrição Formato
000906822.pdf (434.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.