Repositório Digital

A- A A+

Evolução e diferenciação dos sistemas agrários de Itaqui, RS : as decorrências à produção e beneficiamento do arroz

.

Evolução e diferenciação dos sistemas agrários de Itaqui, RS : as decorrências à produção e beneficiamento do arroz

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Evolução e diferenciação dos sistemas agrários de Itaqui, RS : as decorrências à produção e beneficiamento do arroz
Autor Ceretta, Juliana Vargas
Orientador Dal Forno, Marlise Amália Reinehr
Co-orientador Berreta, Márcia dos Santos Ramos
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Tecnólogo em Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural a Distância.
Assunto Desenvolvimento rural
[es] El cultivo del arroz
[es] Itaqui
[es] Sistemas agrarios
Resumo Esta pesquisa historiográfica do Município de Itaqui busca analisar como as evoluções dos diferentes sistemas agrários influenciaram no surgimento e na consolidação da rizicultura na economia local. Para isso, propõem-se os seguintes objetivos específicos: reconstituir a evolução dos sistemas agrários do Município de Itaqui diferenciando-os conforme o período histórico e apontar os fatores sociais, econômicos, políticos e ambientais que condicionaram o surgimento e a consolidação da rizicultura no Município. A metodologia apresenta-se numa abordagem qualitativa, onde foram utilizados relatos orais nas saídas a campos e pesquisas bibliográficas para o embasamento teórico conceitual. Na atualidade a economia de Itaqui está fortemente relacionada à monocultura de arroz irrigado. Esse fator ocorre principalmente devido aos fatores relacionados às suas características geoambientais. A pesquisa apontou que o sistema agrário de Itaqui pode ser estruturado em duas fases, que são: a pré-capitalista com início em meados do século XVI ao XVIII, onde a pecuária era a principal fonte renda local; e capitalista monopolista financeira, iniciada no o século XX, onde a rizicultura começou a mudar a paisagem natural dos campos itaquienses. A partir disso, pode-se concluir que a base econômica municipal está diretamente relacionada com o tipo de sistema agrário implantado nesse Município, o que reflete na primeira colocação do ranking nacional na produção de arroz nessa safra de 2012/13. Além da produção, Itaqui constituiu uma imponente estrutura industrial para o armazenamento e beneficiamento do grão, consolidando a prática desse monocultivo na região da Fronteira Oeste.
Resumen Esta investigación Municipio Itaqui histórica busca analizar cómo la evolución de los diferentes sistemas de cultivo influyó en el surgimiento y consolidación del cultivo del arroz en la economía local. Para ello, se proponen los siguientes objetivos específicos: a reconstruir la evolución de los sistemas agrarios del municipio de Itaqui diferenciándolos según la época histórica y señalar los factores sociales, económicos, políticos y ambientales que condicionan la aparición y consolidación de la cultura del arroz en la ciudad. La metodología con enfoque cualitativo, donde se utilizó informes orales sobre los resultados y los campos de búsquedas bibliográficas para el concepto teórico. En la economía de hoy Itaqui está fuertemente relacionada con el monocultivo del arroz. Este factor se debe principalmente a factores relacionados con las características geo-ambientales. La encuesta mostró que el sistema agrario de Itaqui se estructura en dos fases, a saber: el principio de pre-capitalista a mediados del siglo XVI hasta el XVIII, donde el ganado era la principal fuente de ingresos locales, y capitalistas financieros monopolio, se inició en del siglo XX, donde la cultura del arroz comenzó a cambiar el paisaje natural de los campos itaquienses. De esto podemos concluir que la base económica local está directamente relacionada con el tipo de sistema de producción desplegado en el municipio, que se refleja en el primer lugar del ranking nacional en la producción de arroz de esta cosecha de 2012/13. Además de la producción, Itaqui constituyó una imponente estructura industrial para el almacenamiento y procesamiento de granos, la consolidación de la práctica del monocultivo en la región de la frontera occidental.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/87456
Arquivos Descrição Formato
000907276.pdf (1.596Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.