Repositório Digital

A- A A+

A mercantilização da pecuária de corte nos Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul

.

A mercantilização da pecuária de corte nos Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A mercantilização da pecuária de corte nos Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul
Autor Santos, Jane Isabel Dacol Rodrigues dos
Orientador Miguel, Lovois de Andrade
Co-orientador Neske, Márcio Zamboni
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Tecnólogo em Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural a Distância.
Assunto Desenvolvimento rural
[en] Beef cattle
[en] Commodification
[en] Rural development
Resumo A mercantilização da agricultura, enquanto processo ligado à modernização da agricultura, foi responsável por transformar em diferentes níveis os fatores de produção e trabalho existentes em diferentes contextos agrários. Embora se preconizasse que a mercantilização seria um processo que conduziria a homogeneização e especialização produtiva a partir da inserção crescente dos agricultores aos mercados, os resultados homogeneizantes esperados permanecem não sendo constatados, pois existe uma diversidade produtiva da agricultura resultante das diferentes formas com os agricultores estão inseridos nos mercados. Sendo assim, o objetivo geral deste trabalho é analisar em que medida a mercantilização foi responsável por conduzir a diferenciação social, econômica e produtiva dos pecuaristas de corte de São Francisco de Paula, RS. Utilizando como suporte metodológico um estudo de caso, a pesquisa analisou dois sistemas produtivos diferentes, um familiar e outro patronal. Os resultados da pesquisa demonstram que a mercantilização age sobre as formas de produção e trabalho dos pecuaristas de diferentes maneiras, existindo graus de mercantilização variados. Assim, existe uma heterogeneidade produtiva e socioeconômica que é o resultado das maneiras diferenciadas com que os pecuaristas se relacionam com os mercados, e a aparente homogeneidade da pecuária de corte, demonstra ser heterogênea.
Abstract The commodification of agriculture as a process linked to the modernization of agriculture, has been responsible for transforming the factors at different levels of production and existing work in different agrarian contexts. Although they had preconized that commodification would be a process that would lead to homogenization and specialization from the growing insertion of farmers markets, the results remain homogenizing expected not being observed, since there is a diversity of agricultural production resulting from different forms with farmers are inserted in the markets. Thus, the aim of this study is to analyze the extent to which commodification was responsible for driving the differentiation social, economic and productive beef cattle farmers of San Francisco de Paula, RS. Using as methodological support a case study, the research examined two different production systems, one family and another employer. The research results show that the commodification acts on forms of production and work of farmers in different ways, there varied degrees of commodification. Thus, there is a productive and socioeconomic heterogeneity that is the result of different ways that relate to the farmers markets, and the apparent homogeneity of beef cattle, proves to be heterogeneous.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/87460
Arquivos Descrição Formato
000909291.pdf (1.199Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.