Repositório Digital

A- A A+

A soja na vila Consolata, Três de Maio, RS : histórico e percepções dos agricultores

.

A soja na vila Consolata, Três de Maio, RS : histórico e percepções dos agricultores

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A soja na vila Consolata, Três de Maio, RS : histórico e percepções dos agricultores
Autor Lang, Elaine Beatriz
Orientador Figueiredo, Luciano Silva
Co-orientador Weschenfelder, Simone
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Tecnólogo em Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural a Distância.
Assunto Desenvolvimento rural
[en] Environmental impacts
[en] Modernization of agriculture
[en] Soybean monoculture
Resumo A presente pesquisa visa conhecer o histórico e os impactos decorrentes da produção da soja em Vila Consolata, município de Três de Maio, RS. O estudo descreve o histórico e os impactos decorrentes desse sistema de produção. Nos objetivos específicos do estudo caracterizou-se a área de Vila Consolata, seus aspectos históricos e geoambientais, identificou-se os produtores de soja convencional, bem como as motivações que os levaram a escolher esse modelo de produção, descrevendo as práticas utilizadas pelos agricultores familiares para a introdução da soja convencional na localidade e identifica as percepções dos agricultores em relação ao cultivo da soja convencional. A metodologia foi organizada na forma de estudo de caso, centrada na percepção dos atores sociais envolvidos. O monocultivo da soja e a adoção de novas tecnologias tiveram um aumento significativo na localidade, mas ao mesmo tempo ocasionaram problemas de ordem social e ambiental, como contaminação das águas e solo, destruição das matas nativas, alteração da paisagem, destruição de animais, aumento do êxodo rural e endividamento dos agricultores. Os agricultores devem ficar produzindo, mas necessitam modificar a forma como utilizam dos recursos naturais, técnicos e econômicos para conseguir garantir a renda da sua família e contribuir para preservação dos recursos naturais ainda existentes.
Abstract This research aims to identify the historical and the impacts of conventional production of soybeans in Vila Consolata, municipality of Três de Maio, Brazil. The study describes the history and impacts of this production system. In the specific objectives of the study characterized the area Village Consolata, its historical and geo-environmental, identified the producers of conventional soybeans, as well as the motivations that led them to choose this production model, describing the practices used by farmers for the introduction of conventional soybeans in the locality and identifies the perceptions of farmers regarding the cultivation of soy. The methodology was organized in the form of a case study with qualitative and participatory approach, centered on the perception of the social actors involved. The soybean monoculture and adoption of new technologies had a significant increase in the locality, but at the same time caused social problems and environmental contamination as water and soil, destruction of native forests, landscape alteration, destruction of livestock, increased migration rural and indebtedness of farmers. Farmers should be producing, but need to change the way they use natural resources, technical and economical to get ensure their family's income and contribute to the preservation of natural resources still exist.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/87502
Arquivos Descrição Formato
000909414.pdf (929.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.