Repositório Digital

A- A A+

Percepção e significante na construção do espaço

.

Percepção e significante na construção do espaço

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Percepção e significante na construção do espaço
Autor Breda, Fernanda Pereira
Orientador Moschen, Simone Zanon
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Narrativa
Noção de espaço
Psicologia clínica
[en] Delusion
[en] Mise en abyme
[en] Narratives
[en] Paranoia
[en] Psychosis
[en] Space
[en] Space/time
Resumo A presente dissertação aborda o tema da constituição da noção de espaço na psicanálise tomando como central um caso clínico de uma paciente atendida em um ambulatório de saúde mental na rede pública do município de Porto Alegre. Tendo em vista que tempo/espaço são categorias indissociáveis no campo das ciências humanas, a pesquisa aborda os momentos da constituição do sujeito em que a organização e estruturação dessas variáveis estão em causa. Privilegiando o conceito de espaço como efeito da posição do sujeito na linguagem, o texto desenvolve as relações entre percepção e representação presentes nas formações delirantes. A partir da experiência clínica, pretende discutir algumas importantes formulações teóricas no campo da psicanálise ao mesmo tempo em que compõe uma escrita de caso. Utiliza como elemento privilegiado nesse diálogo o livro de literatura “Noite do Oráculo”, do escritor americano Paul Auster, em função da estrutura presente na narrativa. As relações que o escritor estabelece entre leitor/escritor/personagem compõe um universo narrativo semelhante ao da transferência clínica na psicose. A partir desses elementos aborda o tema das diferenças entre ficção e delírio no que diz respeito às diferenças nas formações narrativas.
Abstract This dissertation addresses the issue of development of the concept of space in psychoanalysis taking as central the clinical case of a patient treated at a public mental health clinic in the city of Porto Alegre. Given that time/space are inseparable categories in the field of human sciences, the research addresses the moments of the development of the subject in which the organization and structuring of these variables are concerned. Emphasizing the concept of space as an effect of the position of the subject in language, the text develops the relationship between perception and representation present in delusional formations. From clinical experience, it intends to discuss some important theoretical formulations in the field of psychoanalysis while composing a case study. It uses the literary work of the American writer Paul Auster "Oracle Night" as a privileged element in this dialogue as a representation of the structure present in the narrative. The relationships established between reader/writer /character composes a narrative universe similar to the transfer in clinical psychosis. From these elements it addresses the issue of the differences between fiction and delusion with regard to the narrative configuration.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/87567
Arquivos Descrição Formato
000909190.pdf (690.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.