Repositório Digital

A- A A+

Por relevos e dobras : pistas sobre a construção de territórios juvenis em uma política de educação tutorial

.

Por relevos e dobras : pistas sobre a construção de territórios juvenis em uma política de educação tutorial

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Por relevos e dobras : pistas sobre a construção de territórios juvenis em uma política de educação tutorial
Autor Moraes, Maurício Machado
Orientador Santos, Nair Iracema Silveira dos
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Cartografia
Espaço
Jovens
Universidade
[en] Cartography
[en] Juveniles territories
[en] PET knowledge connections
[en] University
Resumo O presente estudo trata dos modos de circulação e construção de territórios juvenis em um grupo do Programa de Educação Tutorial, na modalidade Conexões de Saberes, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tem como objetivo acompanhar os jovens em suas participações no programa, explorando os modos de ocupação dos espaços produzidos por eles e analisando como problematizam o universo acadêmico atual. Tem como questão central, acompanhar a circulação e construção de territórios juvenis em uma política de educação tutorial. Sob o princípio cartográfico, o trabalho procura dar visibilidade às experiências dos jovens como participantes desse programa, entendendo esse exercício como um acompanhamento de processos do grupo durante um espaço-tempo determinado. Para esse exercício de visibilizar caminhadas fizemos uso do referencial teórico de Gilles Deleuze e Félix Guattari. Em um primeiro momento fizemos um levantamento documental, onde privilegiamos textos, cartas, notícias, depoimentos e entrevistas que abordassem sobre o surgimento do PET Conexões e suas tensões com as instituições de ensino superior, objetivando criar um mapa do histórico universitário e do nascimento do programa nesse espaço, por entendermos que essa história incide na participação juvenil. No segundo momento, trabalhamos com diários de campo e uma intervenção coletiva com o grupo de jovens explorando suas experiências como participantes do Programa. Nessa caminhada sobre os territórios acadêmicos e sobre aqueles produzidos pelos jovens, vamos perceber que o PET Conexões de Saberes ainda luta pela afirmação de uma política plural de saberes que vai de encontro a uma lógica acadêmica tradicional, e que os jovens percorrem diferentes territórios, visibilizados pela heterogeneidade de suas atuações e pela militância em suas vidas. Por fim, vamos identificar que os modos de subjetivação juvenis nesses territórios se conectam e se modificam na medida em que os estudantes experienciam os espaços criados pelo Programa de Educação Tutorial na universidade.
Abstract The present study deals with the modes of movement and building juveniles territories in a group of Tutorial Education Program, in the modality Knowledge Connections from Federal University of Rio Grande do Sul. It aims to support young people in their participation in the program, exploring modes of occupation of spaces produced by them and analyzing how they problematize the current academic universe. Its central question, follow the movement and construction of territories in a juvenile tutorial education policy. Under the cartographic principle, the work looks forward to giving visibility to the experiences of young people as participants in this program, understanding this exercise as a monitoring oh the group processes during a determined space-time. For this exercise of visualizing paths, we used the theoretical framework of Gilles Deleuze and Félix Guattari. At first we made a documentary survey, where we have privileged texts, letters, news, testimonies and interviews that focused on the emergence of PET Connections and its tensions with the superior education institutions, aiming to create a map of the university historic and the birth of the program in this space, for we believe that this story focuses on youth participation. In the second phase, we work with field diaries and a collective intervention with the youth group exploring their experiences as participants in the program. On this journey over the academic territories and on those produced by young people, we'll realize that the PET Knowledge Connections still struggles to affirm a plural knowledge policy that goes against traditional academic logic, and that young people go through different territories, visualized by the heterogeneity of their actions and by the militancy in their lives. Finally, we will identify that the modes of subjectivity in these juvenile territories connect and modify in the extent that students experience the spaces created by Tutorial Education Program at the university.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/87575
Arquivos Descrição Formato
000908834.pdf (1.866Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.