Repositório Digital

A- A A+

Formação de músicos no Bacharelado em Música Popular : um estudo de caso na Unversidade Federal do Rio Grande do Sul

.

Formação de músicos no Bacharelado em Música Popular : um estudo de caso na Unversidade Federal do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Formação de músicos no Bacharelado em Música Popular : um estudo de caso na Unversidade Federal do Rio Grande do Sul
Autor Santos, Jean Carlos Presser dos
Orientador Souza, Jusamara Vieira de
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Música.
Assunto Ensino superior
Formação de músicos
Música popular
Profissão
[en] Higher education
[en] Musicians formation
[en] Popular music
[en] Profession
Resumo Esta pesquisa trata da formação de músicos no Bacharelado em Música Popular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O objetivo geral é compreender a dinâmica do encontro de um grupo de alunos com o oferecimento da primeira turma da ênfase em Música Popular, respondendo às questões: como o Bacharelado em Música Popular foi pensado e estruturado; como a disciplina Prática Musical Coletiva está organizada; como ocorrem as relações/interações entre alunos e professores no fazer musical coletivo dentro da Universidade; que relações os alunos já atuantes como profissionais de música estabelecem com a Universidade; como os alunos ingressos avaliam o fazer musical coletivo e que especificidades são reveladas no ensinar/aprender no Bacharelado em Música Popular da UFRGS? Como marco teórico adoto os conceitos de profissionalização de músicos (TRAVASSOS, 1999), o de fazer música juntos a partir de Schutz (1964) e o de a profissão do músico trazido por Morato (2009). A metodologia adotada é o estudo de caso proposto por Gil (2009) que se caracteriza pelo estudo profundo e exaustivo de um ou de poucos objetos, de maneira a permitir o seu conhecimento amplo e detalhado. O trabalho de campo realizado durante o primeiro semestre da disciplina de Prática Musical Coletiva proporcionou acompanhar a formação de músicos populares no encontro deste novo público com a universidade. Os alunos ingressos possuem bagagens músico-profissionais diversas, interagindo e relacionando-se com seus colegas e professores em sala de aula. O estar em experiência na construção de um curso novo e o se experimentar permitem ressignificar o sentido de fazer e aprender/ensinar música. A pesquisa contribui para que tanto alunos quanto professores possam problematizar o campo da formação de músicos populares tendo por contexto os cursos superiores de música, bem como o de questionar as relações e interações proporcionadas na universidade entre alunos e alunos e entre alunos e professores a partir da experiência de alunos com larga atuação na carreira profissional de músico. Os resultados contribuem para a ampliação do olhar sobre os ingressos do Bacharelado em Música Popular e suas experiências, que não se dão somente no âmbito acadêmico, considerando as contribuições que os aportes da sociologia da música podem trazer para a educação musical.
Abstract The following research deals with the undergraduation process of Bachelors in Popular Music at Federal University of Rio Grande do Sul - Brazil. The main goal is to understand the dynamics' meeting of a student’s group with the proposals of the first grade of enrolled students in Popular Music, answering the following questions: how the Bachelor in Popular Music was considered and structured; how the discipline Musical Practices in Groups is organized; how the relationships/interactions happen among students and teachers in the process of making music in groups inside the University; what relationships students that have already worked with music makes with University; how the students evaluate the group’s music making and what specificities are revelead in the teaching/learning processes in the UFRGS’ Bachelor in Popular Music. The theoretical framework adopted was the concepts of profissionalization of musicians (TRAVASSOS, 1999), the making music together of Schutz (1964) and the profession of musicist brought by Morato (2009). The method consists in a case study proposed by Gil (2009) which is caracterized by a deep and exhaustive study of one or few objects in order to allow their broad and detailed knowledge. The field work was conducted during the first semester of the discipline of Musical Practices in Groups and provide to accomplish the meeting between the recently enrolled popular musicians and the University approaches. The students have different music-professional knowledges, interacting and making relationships with their colleagues and teachers in music classes. The experience of constructing a new undergratuate course and of experience themselves allow them to reframe the meaning of making and teaching/learning music. This research contributes to discuss, both students and teachers, the field of formation of popular musicians having for context, the undergraduate courses of music, as well as, to question relationships and interactions supported by University among students and students and among students and teachers from the experience of students with extensive work in the music career. The results contribute to the view’s expansion upon the enrollment of Bachelor in Music Popular and their experiences which surpass the academic scope, considering the contributions that Sociology of Music can bring to the Music Education.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/87676
Arquivos Descrição Formato
000911152.pdf (1.736Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir
000911152.zip (2.064Mb) Música Arquivo ZIP Visualizar/abrir
000911152-02.zip (462.8Mb) Vídeo Arquivo ZIP Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.