Repositório Digital

A- A A+

Homen com MH : as belezas masculinas almejadas em três diferentes edições internacionais da revista Men's Health

.

Homen com MH : as belezas masculinas almejadas em três diferentes edições internacionais da revista Men's Health

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Homen com MH : as belezas masculinas almejadas em três diferentes edições internacionais da revista Men's Health
Autor Fraga, Bruna Sacchi
Orientador Goellner, Silvana Vilodre
Co-orientador Zago, Luiz Felipe
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Corpo
Identidade de gênero
Masculinidade
Pedagogia cultural
Saúde
Resumo O presente estudo, de cunho qualitativo e quantitativo, teve por objetivo principal analisar os padrões de beleza masculinos contemporâneos almejados em diferentes sociedades. Para tanto, analisei três edições da revista Men´s Health publicadas no Brasil, Portugal e Inglaterra, no mês de março de 2013. Com base numa análise cultural, pretendi identificar como a saúde e o corpo masculinos foram apresentados nas páginas dessa Revista nesses três diferentes países. Analisei as matérias, as notas e os anúncios comerciais nela veiculados de modo comparativo, pontuando, a partir disso, as categorias que considerei mais relevantes: Cultura Fitness; Moda e Sexualidade. Assumi, assim, que a Men´s Health exerce uma “pedagogia”, pois quer ensinar/transmitir aos seus leitores como ser, como parecer, como se portar, o que vestir, o que usar, com quem se relacionar, como se tornar o tal “Homem Men´s Health”. É possível dizer que as três edições apresentam certa padronização de corpo e de saúde, mesmo quando consideradas as diferenças desses países, sobretudo no que se refere à cultura fitness de modo geral. Apesar disso, foi também possível encontrar especificidades locais dessas sociedades, uma vez que é inevitável não abranger uma temática que reflita com maior ênfase o público para quem a revista é endereçada (no Brasil, por exemplo, falou-se mais de sexualidade, enquanto que na Inglaterra priorizaram-se aspectos relativos à moda). Articulando a análise dessa Revista, e a pedagogia por ela exercida, reitero a importância da educação física na problematização de modelos corporais e de saúde que circulam na sociedade. Mais do que isso, destaco a importância de se discutir tais pedagogias como parte das ações exercidas pelos professores de educação física em suas diferentes instâncias de ação.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/87747
Arquivos Descrição Formato
000911789.pdf (2.033Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.