Repositório Digital

A- A A+

O que ensina e educação física no ensino médio? as aprendizagens narradas por estudantes e professores

.

O que ensina e educação física no ensino médio? as aprendizagens narradas por estudantes e professores

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O que ensina e educação física no ensino médio? as aprendizagens narradas por estudantes e professores
Autor Santos, Alana de Souza dos
Orientador Wittizorecki, Elisandro Schultz
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Educação física escolar
Ensino médio
[en] High school
[en] Scholar physical education
[en] Youth
Resumo O presente estudo tem como objetivo investigar o que ensina a Educação Física no ensino médio, por meio das aprendizagens narradas por estudantes e professores de uma escola pública de Porto Alegre. Procuro compreender como essa disciplina agrega conhecimentos ao aluno e pode ou não intervir no cotidiano dos estudantes fora dos muros da escola. Na literatura sobre educação e Educação Física escolar consta que devemos avaliar diversos fatores internos e externos à escola, para que possamos entender mais sobre esse vasto universo escolar e os sujeitos que agem sobre esse ambiente. A literatura sugere relação que compreendam a configuração escolar, lugares que a Educação Física ocupa na escola, papel docente, o estudante, os conteúdos e a relação pedagógica como elementos que possam afetar essas aprendizagens ditas pelos estudantes e professores. Neste sentido, o estudo pretendeu compreender melhor essas questões. Metodologicamente, trata-se de um estudo descritivo com estudantes do Ensino Médio de uma escola pública de Porto Alegre. O trabalho de campo foi realizado durante o segundo semestre de 2013 e as informações obtidas foram processadas por meio da análise de conteúdo. Foi possível compreender que os jovens estudantes do ensino médio da escola pública de Porto Alegre investigada e seus docentes dizem que para aprender nas aulas de Educação Física eles dependem de muitos elementos que devem estar em sintonia. A configuração escolar e seus espaços precisam estar combinados para facilitar que ocorram de uma maneira adequada essas aulas. O lugar que a Educação Física ocupa nessa escola repercute diretamente na atuação do professor e com isso na aprendizagem que os alunos podem adquirir. Além disso, o papel do professor, seus esforços e desencantos pela docência refletem no que ele pode ensinar e no que os alunos podem aprender. Contudo o estudante também é ator importante nesse cenário e merece destaque, eles querem autonomia e se tornar cidadãos presentes e atuantes dentro do espaço escolar em que convivem. Se vistos dessa forma o interesse deles em participar das aulas de Educação Física aumenta, com isso a busca pelo aprender também cresce. Elemento importante e que os estudantes se apóiam para investir ou desinvestir nas aulas são os conteúdos que são transmitidos a eles, se muitos repetitivos, sem sentido e significado para eles afeta diretamente em uma desistência e desinvestimento do estudante. Atraem eles o poder escolher e participar da construção das aulas, assim buscando novas vivências não experenciadas no contexto escolar. Embora eles ainda estivessem muito presos a querer esportivização nas aulas de Educação Física. Ainda assim existe um ponto mais crucial e que mediam essas aprendizagens, que são as relações pedagógicas e vínculos que são ou não estabelecidos entre esses atores que convivem no cenário escolar. A falta de comunicação e linguagem vistos como a principal dificuldade e causadora de embates e enfrentamentos entre eles. Quando se estabelece uma relação mais amigável percebeu-se um melhor desenvolvimento da aula, em um ambiente favorável e que propicia aprendizagens positivas aos estudantes. São diversos os elementos que circundam a Educação Física e o que ela pode ensinar aos estudantes dentro da escola, se reconfigurados e percebidos com mais atenção esses componentes que envolvem a Educação Física escolar, possivelmente contribuirá para que os estudantes agreguem mais aprendizagens.
Abstract The present study aims to investigate what teaches Physical Education in school, through learning narrated by students and teachers at a public school in Porto Alegre. I seek to understand how this course adds knowledge to the student and may or may not intervene in the daily lives of students outside the school walls. In the literature on education and Physical Education states that we must evaluate several factors internal and external to the school, so we can understand more about this vast school universe and subjects that act on this environment. The literature suggests: relationship to understand the configuration school, places that physical education occupies in school, teaching role, the student, the content and pedagogical relationship as factors that may affect these learning said by students and teachers. In this sense, the study sought to better understand these issues. Methodologically, it is a descriptive study with high school students of a public school in Porto Alegre. The fieldwork was conducted during the second half of 2013 and the information obtained was processed through content analysis. It was possible to understand that young high school students from investigated public schools in Porto Alegre and their teachers say to learn in physical education classes they depend on many elements that must be in sync. The configuration and their school spaces need to be combined to facilitate these classes occurring in a suitable manner. The place which the Physical Education occupies in this school has a direct impact on the teacher's performance and the learning that students can acquire. Furthermore, the teacher's role, his efforts and disillusions with teaching profession reflect on that he can teach and in what students can learn. However the student is also important actor in this scenario, and worth mentioning, they want autonomy and become present and active citizens within the school environment where coexist. If seen in this way their interest in participating in physical education classes increases, thus the quest for learning is also growing. Important element and that students are supported to invest or disinvest in class are the contents that are transmitted to them if many repetitive, meaningless and meaningful to them affects directly on a student's withdrawal and divestment. The power to choose and participate in the construction of classes attract them, so looking for not experenciadas new experiences in the school context. While they were still very attached to want to practice sports in physical education classes. Nevertheless there is a crucial point and that mediate this learning, what are the pedagogical relationships and bonds that are or are not established between these actors who live in the school setting. The lack of communication and language seen as the main problem and cause of clashes and confrontations between them. In establishing a more friendly relationship was perceived a better development of the class in a favorable environment and that provides positive learning for students. There are several elements that surround the physical education and what it can teach students within the school, if reconfigured and perceived more carefully these components involving Physical Education possibly help students add more learning.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/87781
Arquivos Descrição Formato
000911785.pdf (630.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.