Repositório Digital

A- A A+

Contribuição a interpretação paleoambiental dos depósitos de carvão do município de Figueira - PR, através da integração de dados petrográficos e estratigráficos

.

Contribuição a interpretação paleoambiental dos depósitos de carvão do município de Figueira - PR, através da integração de dados petrográficos e estratigráficos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Contribuição a interpretação paleoambiental dos depósitos de carvão do município de Figueira - PR, através da integração de dados petrográficos e estratigráficos
Autor Sbaraini, Eduardo
Orientador Kalkreuth, Wolfgang Dieter
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Carvão : Paraná, Bacia do
Figueira (PR)
Paleoambiente
Petrografia
[en] Coal
[en] Paleoenvironment
[en] Paraná Basin
[en] Petrografia
[en] Petrography
[en] Rio Bonito formation
[it] Bacino del Paraná
[it] Carbone
[it] Formazione Rio Bonito
[it] Paleoambiente
Resumo A Formação Rio Bonito é a unidade inferior do Grupo Guatá da Bacia do Paraná, formada no período Eo-Permiano, esta unidade compreende um dos maiores depósitos de carvão da América do Sul. Na região do município de Figueira, nordeste do estado do Paraná, foram descritos poços e afloramentos correspondentes a esta unidade e coletadas amostras de carvão para realizar a caracterização petrográfica. Com análise petrográfica quantitativa dos os constituintes macerais do carvão foi possível obter informações sobre as condições originais de deposição e preservação da matéria orgânica, através de modelos faciológicos de carvão utilizados no reconhecimento dos ambientes deposicionais. Para atingir os objetivos propostos, houve a integração dos dados petrográficos e estratigráficos. Fizeram parte do trabalho o levantamento de perfis estratigráficos verticais através da descrição de testemunhos de sondagem e afloramentos, com a caracterização de sete associações de fácies distintas. Observou-se que a Formação Rio Bonito é o produto de uma seqüência deposicional de terceira ordem, que inicia com depósitos aluviais do Membro Triunfo, que são sobrepostos por sistemas de planície e canais de maré durante a transgressão marinha, configurando um estuário. Nesta planície estuarina, são formados descontínuos e pouco espessos depósitos de carvão, afogados por uma sedimentação de plataforma silico-carbonática rasa, Membro Paraguaçu, interdigitada com depósitos progradacionais litorâneos do membro Siderópolis. Então em uma segundo evento transgressivo se instala um sistema marinho plataformal correspondente ao início da formação Palermo. A formação dos carvões se dá durante o trato de sistemas transgressivo, nas planícies de maré, durante a formação do complexo fluvio-estuarino, confirmadas pelo modelo petrográfico que relaciona o regime hídrico telmático e a predominância de vegetação arborescente com as características deste paleoambiente.
Abstract The Rio Bonito Formation is the lowermost unit of the Guatá Group, Paraná Basin. Formed on Eo-Permian age, this unit comprises one of the biggests coal deposits from South America. At Figueira city, northeast of Paraná State, was descripted wells and outcrops from this formation, and collected samples to petrographics analyses. With the petrographic results was possible to get informations about the environmental conditions of the original deposits and conditions of preservation of the organic matter. To reach the proposed objectives, were made the integration of petrographic and stratigraphical results. Seven facies associations were characterized. The Rio Bonito Formation was interpreted an a third order depositional sequence, that begins with alluvial deposits from Triunfo Member, after overlapped by plain and tidal systems when during the marine transgression installing the estuary. On this system were made thin and scaterred coal layers, drowneds by a silico-carbonatic plataformal sedimentation, Paraguaçu Member, intercaled with coastal progradational deposits of Sideropolis Member. A second transgressive event corresponding to the marine plataformal clastic rocks, Palermo Formation. The formation of the coals if gives during the transgressive system tract, in plains of tide, during the formation of the fluvio-estuarine complex, confirmed for the petrographic model, that stablishes the relation of the the telmatic hidrical regimen and the predominance of vegetal arboreus forests, typical of this paleoenvironment.
Riassunto La Formazione Rio Bonito é la unitá inferiore del Gruppo Guatá del Bacino del Paraná. In questa unitá, formata nel período Eo-permiano, si trovanno uno degli maggiori depositi di carbone dalla América del Sud. Nella regione de la citá di Figueira, nordest del Stato del Paraná, furono descriti pozzi ed affioramenti di questa unitá, anche raccogliate esemplari di carboni per fare la caratterizzazione petrograficca. Con i resultati della analisi fu possibile tenere informazioni su gli condizioni originali dalla deposizione ed preservazione de la materia orgânica, per riconoscere il ambiente di deposizione. Per riuscire gli obbietivi del estudio é fatta la integrazione dei dati petrografiche e stratigrafiche. Ci trovanno sette associazione di facies diverse. Si puó concludere, che la Formazione Rio Bonito é una sequenza deposicionale di terza ordine, conminciata per i depositi alluvionali del Membro Triunfo, che sono giustapotti per il sistema di pianura e canali di marea, durante la transgrezione marina, sorgendo un estuário, dove sono formati descontinui e pochi spessi depositi di carbone. Questi depositi sono affogati per la sedimentazione di piattaforma silico-carbonatica rasa, Membro Paraguaçu, che succedere insieme con i depositi litorani del Membro Siderópolis. Allora una seconda transgressione comincia un sistema marino di piattaforma, che corrisponde a la Formazione Palermo. La formazione dei carboni si succede durante il tratto di sistemi transgressivo, nelle pianure di marea, del complesso estuarino. Questa afirmazione é confermata per il modello petrografico, che fa la relazione con il regime idrico telmático e la predominanza de la vegetazione arbórea con le caracteristiche di questo paleoambiente.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/8804
Arquivos Descrição Formato
000589328.pdf (41.35Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.