Repositório Digital

A- A A+

Ensinando a ser aluno, aprendendo a ser professora : reflexões analíticas traçadas a partir da prática de estágio docente

.

Ensinando a ser aluno, aprendendo a ser professora : reflexões analíticas traçadas a partir da prática de estágio docente

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ensinando a ser aluno, aprendendo a ser professora : reflexões analíticas traçadas a partir da prática de estágio docente
Autor Melo, Camila Alves de
Orientador Traversini, Clarice Salete
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Licenciatura.
Assunto Aluno
Construção do conhecimento
Estágio curricular
Prática pedagógica
Professor
Resumo Este estudo objetiva refletir analiticamente a constituição do sujeito-aluno e do sujeito-professor, a partir de situações vivenciadas durante o estágio docente do curso de Pedagogia, ocorrido em 2013/1, no Colégio de Aplicação da UFRGS, com uma turma de 2º ano do Ensino Fundamental. A partir de documentos produzidos durante o estágio, foi feita uma análise documental visando reunir ensinamentos e aprendizagens relevantes no processo de constituição dos alunos e da professora. Este trabalho se configura como um Estudo de Caso, utilizando de excertos empíricos retirados dos documentos anteriormente citados. Os autores e conceitos que dão base a este estudo são: XAVIER e a “construção da categoria social aluno”, GIMENO SACRISTÁN e o “aluno como invenção” e, por fim, LOPONTE e a “docência artista”. As análises realizadas foram apresentadas em dois eixos: “Ensinando a ser aluno” e “Aprendendo a ser professora”. Como achados dessa pesquisa, percebi que o processo de constituição de ambos os sujeitos se dá em um plano individual e em um coletivo. No que tange ao plano individual, estão as aprendizagens de si, por exemplo: a organização dos artefatos escolares (cadernos e demais materiais), a diferença entre as “minipráticas” e o estágio, bem como a importância da autoria docente no projeto didático-pedagógico e nos materiais didáticos. Já no plano coletivo, há as aprendizagens de convivência nos variados ambientes da escola, do trabalho em grupo, de lidar com os pais como autoridade pedagógica, entre outros. São essas pequenas ações, essas minúcias (muitas vezes vistas de forma naturalizada) presentes na rotina da sala de aula, que contribuíram no processo de constituição dos sujeitos deste estudo.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/88079
Arquivos Descrição Formato
000912089.pdf (1.207Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.