Repositório Digital

A- A A+

Perspectivas inclusivas no Programa Mais Educação : um estudo de caso

.

Perspectivas inclusivas no Programa Mais Educação : um estudo de caso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perspectivas inclusivas no Programa Mais Educação : um estudo de caso
Autor Fortes, Rogério da Costa
Orientador Traversini, Clarice Salete
Data 2013
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Especialização em Educação Integral Integrada.
Assunto Educação inclusiva
Educação integral
Esporte
Estudo de caso
Programa Mais Educação.
Resumo Este estudo tem como objetivo analisar as relações entre o processo de inclusão escolar e suas interfaces com os paradigmas da Educação Integral Contemporânea. Resulta do trabalho de conclusão do Curso de Especialização em Educação Integral Integrada na Escola Contemporânea promovido pela Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. A pesquisa toma como análise um estudo de caso sobre a participação e o processo inclusivo de um aluno adolescente em uma das oficinas de Esporte e Lazer do Programa Mais Educação. As noções teóricas utilizadas neste estudo contempla as temáticas sobre educação integral, educação inclusiva e os referenciais do Programa Mais Educação. Durante a análise dos dados, foram selecionados excertos da transcrição dos relatos que contribuíram na compreensão do objeto da pesquisa. A partir das noções teóricas utilizadas e das narrativas dos sujeitos pesquisados duas categorias temáticas foram agrupadas e organizadas de acordo com o núcleo de sentido em forma de binômios: encontro-amizade e corporeidade-ludicidade. A análise dos dados evidenciou que a proposta da oficina de natação do Programa Mais Educação em questão contribuiu de modo significativo no processo inclusivo do aluno na rede educacional, constituindo-se em uma prática educativa que promove inclusão na medida em que instauram um transição interessante entre uma ótica voltada para a inclusão de “alunos de com necessidades educativas especiais” para outra que conceba os alunos como “sujeitos com necessidades e potencialidades educativas singulares”. Neste sentido, a partir do caso analisado, consideramos que as propostas educativas se fazem mais integrais e inclusivas na medida em que: afirmem estéticas de existência em alteridade, reconheçam as múltiplas dimensões da condição humana; sejam comprometidas com a preparação para a vida, com o fluir da vida, com o fruir do corpo e com a promoção de bons encontros; uma educação comprometida com a fruição, potencialização e afirmação da vida.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/88093
Arquivos Descrição Formato
000910579.pdf (158.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.