Repositório Digital

A- A A+

Explorando o conceito de área com o tangram

.

Explorando o conceito de área com o tangram

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Explorando o conceito de área com o tangram
Autor Berger, Carolina Chiarelli
Orientador Basso, Marcus Vinicius de Azevedo
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Matemática. Curso de Matemática: Licenciatura.
Assunto Aprendizagem : Matematica
Cálculo de áreas
Ensino : Aprendizagem
[en] Area
[en] Learning mathematics
[en] Tangram
Resumo Neste trabalho investigou-se o Tangram como auxilio no ensino-aprendizagem do conceito e do cálculo de áreas e identificou-se indícios de aprendizagem. Para responder a essa questão, foi desenvolvida uma sequência didática foi aplicada em duas turmas do 1º ano do Ensino Médio Normal de uma escola pública de Porto Alegre no segundo semestre de 2013. Nessa proposta os alunos tiveram a oportunidade de rever o trabalho com área sob outro enfoque. Através da manipulação das peças do quebra-cabeça, que foram objeto de estudo, os estudantes puderam determinar e comparar as áreas de variadas peças e figuras construídas com estas partes, através da sobreposição, composição e decomposição. Desta forma, os alunos não precisaram trabalhar com figuras estáticas no papel ou no quadro, mas puderam movimentá-las, sobrepô-las e compara-las livremente, pois o material estava disponível para ser manuseado. A teoria base utilizada é a Teoria dos Campos Conceituais de Vergnaud, a qual foi um auxílio na interpretação das respostas dos alunos. A análise dos dados mostrou que o Tangram pode ser sim um facilitador na compreensão do conceito e do cálculo de áreas.
Abstract This work investigated the Tangram as an aid in teaching - learning concept and calculation of areas and have identified evidence of learning. To answer this question, we developed an instructional sequence that was applied in two classes in the 1st year of high school in a normal public school in Porto Alegre in the second half of 2013. In this proposal the students had the opportunity to review the work with an area under another approach. Through manipulation of the parts of the game that were object of study , students were able to determine and compare the areas of varied parts and figures built with these parts , by overlapping, composition and decomposition . Thus, students did not need to work with static on paper or board figures, but could move them, superimpose them and compares them freely, as the material was available to be handled. The theory base used is the Vergnaud’s Theory of Conceptual Fields, which was an aid in the interpretation of student responses. Data analysis showed that Tangram can be rather a facilitator in understanding the concept and calculation of areas.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/88265
Arquivos Descrição Formato
000912443.pdf (2.342Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.