Repositório Digital

A- A A+

A lógica da caverna : um ensaio dialético sobre a pós-modernidade em Saramago

.

A lógica da caverna : um ensaio dialético sobre a pós-modernidade em Saramago

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A lógica da caverna : um ensaio dialético sobre a pós-modernidade em Saramago
Autor Morais, Tiago Martins de
Orientador Silva, Márcia Ivana de Lima e
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Crítica e interpretação
Dialética
Literatura comparada
Literatura portuguesa
Marxismo
Pós-modernidade
Saramago, José 1922-2010. A caverna
[en] Dialetics
[en] Marxism
[en] Post-modernism
Resumo O objeto artístico desta dissertação é o romance A caverna do escritor português José Saramago. Os caminhos teóricos que vão construir um método adequado para uma visão aprofundada desta narrativa são os do estudo das teorias que veem a literatura como uma junção de texto e contexto, que entendem os elementos sócio-históricos em uma relação de interpenetração com o texto literário, de forma que esses elementos externos transmutem-se em elementos internos à obra (ou seja, em elementos estéticos). A construção de um método dialético foca-se principalmente nos textos de teóricos como Theodor Adorno, Raymond Williams e Fredric Jameson. Após o estudo das teorias dialéticas, objetiva-se proceder com a análise do romance de Saramago, sempre relacionando obra e contexto. Considerando que o contexto da obra em questão refere-se – como se defende neste trabalho – a um período pós-moderno de nossa história, a pesquisa, então, concentra-se no estudo do elemento social objetivando um entendimento da sociedade pós-moderna, para, logo após, de forma imanente, fazer uma leitura possível da obra saramaguiana centrada em dois elementos: o do mapeamento do pós-moderno e o da crítica à lógica do capitalismo. As pesquisas sobre o pós-modernismo centram-se essencialmente nas teses de David Harvey e de Fredric Jameson.
Abstract The artistic object of this dissertation is the novel “The Cave” by José Saramago. The theoretical roads responsible for building a proper method to reach a deeper view of this narrative are related with theories that see literature in connection with its social context; theories that understand the social historical elements in relation with the literary object in a way in which these outside elements transmute into inner ones in the work (in other words, aesthetic elements). The building of a dialectical method focuses mainly on the works of Theodor Adorno, Raymond Williams and Fredric Jameson. After the study of these theories, this work intends to analyze Saramago’s novel, always looking into the relation between art and society. Taking into account that the novel’s context refers – as I propose in this work – to a post-modernist period of our history, my research, then, focuses on the study of the social element looking for an understanding of post-modern society, focused on two elements: the description of post-modernism and the criticism towards capitalistic logic. The researches about post-modernism are essentially based on the thesis of David Harvey and Fredric Jameson.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/88425
Arquivos Descrição Formato
000906951.pdf (1.182Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.