Repositório Digital

A- A A+

Um novo debate sobre a distribuição cinematográfica brasileira a partir da prática de compartilhamento de filmes na Internet

.

Um novo debate sobre a distribuição cinematográfica brasileira a partir da prática de compartilhamento de filmes na Internet

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Um novo debate sobre a distribuição cinematográfica brasileira a partir da prática de compartilhamento de filmes na Internet
Autor Rodrigues, Paola Fucks
Orientador Rüdiger, Francisco
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo.
Assunto Indústria cinematográfica : Brasil
Internet
Resumo Este trabalho busca apresentar e analisar o novo debate que tem sido fomentado, entre os profissionais da indústria cinematográfica do Brasil, em torno do atual modelo da última etapa da cadeia produtiva do cinema brasileiro – a distribuição - sob a perspectiva da prática de compartilhamento de filmes na Internet, através dos sites e programas de tecnologia ponto-a-ponto, que vem se intensificando, dentro da sociedade brasileira, nos últimos anos. Indícios dessa nova agenda de discussões são apresentados de forma a mostrar que as possibilidades de circulação de filmes promovidas pela Internet e a nova postura do usuário da grande rede, no âmbito da Web 2.0, tem de ser levadas em conta para (re)pensar o modelo atual de distribuição da produção cinematográfica brasileira. O trabalho aponta novos modelos de negócio e formas alternativas de distribuição para os filmes brasileiros, que estão sendo desenvolvidos, como forma de mostrar que é possível e viável pensar a Internet como uma janela para exibição desses filmes, deixando de lado a prioridade e exclusividade da exibição nas salas de cinemas. No entanto, existe uma resistência clara, por parte dos grandes e também dos pequenos distribuidores e profissionais do ramo cinematográfico, em pensar a Internet para além de um meio de divulgação. A grande rede é vista apenas como mais uma mídia para conquista de visibilidade para os filmes produzidos, ainda mais porque ainda não apresenta um modelo de negócio estruturado que ofereça retorno financeiro para os filmes que nela circulam. Em um universo em que a informação é cada vez mais barata, e até mesmo de graça, para os consumidores, torna-se quase impensável cobrar por um conteúdo que o usuário poderá encontrar sem custo, mais tarde, na rede. A cobrança, muitas vezes, pode ser um impeditivo para que o produto circule com força nas maiores audiências da rede.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/88505
Arquivos Descrição Formato
000912985.pdf (724.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.