Repositório Digital

A- A A+

Analysis and classification of spatial cognition using non-linear analysis and artificial neural networks

.

Analysis and classification of spatial cognition using non-linear analysis and artificial neural networks

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Analysis and classification of spatial cognition using non-linear analysis and artificial neural networks
Outro título Análise e classificação da capacidade cognitiva espacial utilizando técnicas de análise não-linear e redes neurais artificiais
Autor Maron, Guilherme
Orientador Barone, Dante Augusto Couto
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação.
Assunto Inteligência artificial
Redes neurais
[en] Artificial neural networks
[en] Biological signal processing
[en] Classification algorithms
[en] Cognitive profiles
[en] EEG analysis
[en] Lyapunov exponents
[en] MLP
[en] Non-linear analysis
[en] Signal processing
[en] Spatial cognition
Abstract The main objective of the present work is to propose, develop, test, and show a method for classifying the spatial cognition degree of development on different individuals. Thirty-Seven undergraduate students had their electroencephalogram (EEG) recorded while engaged in 3-D images mental rotation tasks. Their spatial cognition degree of development was evaluated using a BPR-5 psychological test. The Largest Lyapunov Exponent (LLE) was calculated from each of the 8 electrodes recorded in each EEG. The LLEs were used as input for five different classifiers: i) multi-layer perceptron artificial neural network, ii) radial base functions artificial neural network, iii) voted perceptron artificial neural network, iv) support vector machines, and v) K-Nearest Neighbors. The best result was achieved by using a RBF with 4 clusters and Puk kernel function. Also a statistical analysis of the brain activity, based in the calculated LLEs, differences between two interest groups: SI+ (participants with an alleged higher degree of development of their spatial cognition) and SI- (control group) during the performing of mental rotation of tridimensional images tasks was done.. An average difference of 16% was found between both groups. The proposed classification method can contribute and interact with other processes in the analysis and study of human spatial cognition, as in the understanding of the human intelligence at all. A better understanding and evaluation of the cognitive capabilities of an individual could suggest him elements of motivation, ease or natural inclinations, possibly affecting the decisions of his life and carrier positively.
Resumo O principal objetivo do presente trabalho é propor, desenvolver, testar e apresentar um método para a classificação do grau de desenvolvimento da capacidade cognitiva espacial de diferentes indivíduos. 37 alunos de graduação tiveram seus eletroencefalogramas (EEGs) capturados enquanto estavam engajados em tarefas de rotação mental de imagens tridimensionais. Seu grau de desenvolvimento da capacidade cognitiva espacial foi avaliado utilizando-se um teste psicológico BPR-5. O maior expoente de Lyapunov (LLE) foi calculado a partir de cada um dos 8 canais dos EEGs capturados. OS LLEs foram então utilizados como tuplas de entrada para 5 diferentes classificadores: i) perceptron de múltiplas camadas, ii) rede neural artificial de funções de base radial, iii) perceptron votado, iv) máquinas de vetor de suporte, e v) k-vizinhos. O melhor resultado foi obtido utilizando-se uma RBF com 4 clusters e a função de kernel Puk. Também foi realizada uma análise estatística das diferenças de atividade cerebral, baseando-se nos LLEs calculados, entre os dois grupos de interesse: SI+ (indivíduos com um suposto maior grau de desenvolvimento da sua capacidade cognitiva espacial) e SI- (grupo de controle) durante a realização de tarefas de rotação mental de imagens tridimensionais. Uma diferença média de 16% foi encontrada entre os dois grupos. O método de classificação proposto pode vir a contribuir e a interagir com outros processos na analise e no estudo da capacidade cognitiva espacial humana, assim como no entendimento da inteligência humana como um todo. Um melhor entendimento e avaliação das capacidades cognitivas de um indivíduo podem sugerir a este elementos de motivação, facilidade ou de inclinações naturais suas, podendo, provavelmente, afetar as decisões da sua vida e carreira de uma forma positiva.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/88901
Arquivos Descrição Formato
000914125.pdf (2.617Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.