Repositório Digital

A- A A+

Un análisis ecléctico de la Sonata para Piano Opus 55 nº 3 de Alberto Ginastera (1916-1983)

.

Un análisis ecléctico de la Sonata para Piano Opus 55 nº 3 de Alberto Ginastera (1916-1983)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Un análisis ecléctico de la Sonata para Piano Opus 55 nº 3 de Alberto Ginastera (1916-1983)
Autor Marcó Hraste, Juan Pablo
Orientador Gerling, Cristina Maria Pavan Capparelli
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Música.
Assunto Análise eclética : Música
Analise fenomenologica
Analise musical : Sonatas
Interpretacao musical : Sonatas
[en] Eclectic analysis
[en] Interpretation
[en] Phenomenological analysis
[es] Análisis ecléctico
[es] Análisis fenomenológico
[es] Interpretación
Resumen El presente trabajo sobre la Sonata para piano opus 55 n°3 de Alberto Ginastera esta realizado tomando como referencial el análisis desarrollado por Lawrence Ferrara en el Capítulo seis “An eclectic method for sound, form and representation” de su libro “Philisophy and the Análisis of Music”. Dentro de ese análisis se presentan diferentes enfoques analíticos: convencionales (que describen la forma musical o sintaxis); fenomenológicos (descripciones del sonido en el tiempo); y hermenéuticos (que describen los significados referenciales). Cada uno de esos enfoques es desarrollado para finalmente favorecer una visión holística, que permita establecer una red de relaciones estructurales, funcionales, significativas entre cada uno de los elementos que el analista- intérprete determinó para abordar la interpretación musical de la sonata.
Resumo O presente trabalho sobre a Sonata para piano opus 55 nº 3 de Alberto Ginastera foi realizado tomando como referencial a análise desenvolvida por Lawrence Ferrara no Capítulo seis “An eclectic method for sound, form and representation” do seu livro “Philisophy and the Analisis of Music”. Dentro deste tipo de análise, apresentam-se diferentes enfoques analíticos: convencionais (que descrevem a forma musical ou sintaxe); fenomenológicos (descrições do som no tempo); e hermenêuticos (que descrevem os significados referenciais). Cada um destes enfoques é desenvolvido para finalmente favorecer uma visão holística, que permita estabelecer uma rede de relações estruturais, funcionais, significativas entre cada um dos elementos que o analista-intérprete determinou para abordar a interpretação musical da sonata.
Abstract The present work on Sonata nº 3 opus 55 for piano of Alberto Ginastera was carried through taking as referential the analysis developed by Lawrence Ferrara in the Chapter six “An eclectic method for sound, form and representation” of his book “Philosophy and the Analysis of Music”. Inside this type of analysis, different methods of analytical approaches are presented: conventional (describes the musical form or syntax); phenomenological (descriptions of the sound in the time); and hermeneutics (describes the referential meanings). Each one of these approaches is developed to finally favor a holistic vision, that allows to establish a net of relations structural, functional, significant between each one of the elements that the analyst-interpreter determined to approach the interpretation musical of the sonata.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/8936
Arquivos Descrição Formato
000591331.pdf (1.969Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.