Repositório Digital

A- A A+

Mobilização de conhecimentos musicais na preparação do repertório pianístico ao longo da formação acadêmica : três estudos de casos

.

Mobilização de conhecimentos musicais na preparação do repertório pianístico ao longo da formação acadêmica : três estudos de casos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Mobilização de conhecimentos musicais na preparação do repertório pianístico ao longo da formação acadêmica : três estudos de casos
Autor Santos, Regina Antunes Teixeira dos
Orientador Hentschke, Liane
Data 2007
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Música.
Assunto Conhecimento musical : Estudo de caso : Repertório de piano
[en] Instrumental practice
[en] Mobilization
[en] Musical knowledge
[en] Piano
[en] Praxial philosophy
Resumo Três bacharelandos de piano em momentos diferenciados da formação acadêmica - um iniciante, um de meio de curso e um formando – foram acompanhados ao longo de um semestre acadêmico com vistas a investigar como preparavam seus repertórios pianísticos em termos de mobilização de conhecimentos musicais. O método de pesquisa foi o estudo muliticasos, orientado pela perspectiva longitudinal de corte transversal. Quatro técnicas de pesquisas complementares foram empregadas: entrevista semi-estruturada, não-estruturada, de estimulação de recordação, assim como observação de vídeo. A mobilização de conhecimentos musicais foi interpretada a partir de estratégias utilizadas pelos bacharelandos para avançar a preparação do repertório. A noção de mobilização foi fundamentada a partir de Charlot e aprofundada pelos princípios aristotélicos entre meios e fins. As estratégias empregadas pelos bacharelandos foram estudadas à luz de dois modelos de conhecimento musical da literatura: matriz de habilidades cognitivas de Davidson e Scripp e formas de conhecimento musical de Elliot, assim como interpretadas a partir da base aristotélica de pensamento, em conjunto com a literatura específica de pesquisas em prática instrumental. A presente tese argumenta que a mobilização de conhecimentos musicais ocorre de maneira cíclica em aprofundamento qualitativamente diferenciado em termos de produção musical. As estratégias mobilizadas durante a preparação possuem natureza e finalidade distintas. Elas podem ser ações aprendidas ou criadas especificamente para o momento de preparação. Paralelamente, essas estratégias são empregadas para fins de disposições de investigação e de auto-regulação. Através de equilíbrio entre ações e atividades, e entre disposições de investigação e de auto-regulação, os conhecimentos musicais são mobilizados, avançando a preparação do repertório.
Abstract Three undergraduate piano students, in different moments of their academic education – a freshman, a sophomore and a senior – were followed during an academic semester in order to investigate how they mobilize their musical knowledge when preparing their repertoire. Multicase studies were used as research method, combining a longitudinal perspective in a transversal design. Four complementary research techniques were employed, namely, semistructure interview, non-structured interview, recall stimulated interview, and observation of the performance. The mobilization of music knowledge was interpreted from the strategies employed by the students in order to progress the repertoire preparation. The notion of mobilization was grounded on Charlot and deepened by the Aristotelian principles. The employed strategies by the undergraduate students were investigated through two musical knowledge models: matrix of cognitive skills from Davidson and Scripp, and the conception of musicianship and the five forms of musical knowledge by Elliot, as well as interpreted according to an Aristotelian basis and together with data from the specific literature of instrumental practice. The present thesis argues that the mobilization of musical knowledge take place in a cyclic manner in qualitatively deepening in terms of musical production. The mobilized strategies during practice are different in nature and in goal. They can figure as learned or creative actions specifically created for the moment of practice. Also, such strategies can be employed as survey and self-regulation tools. By means of balance between actions and activities, and between survey and self-regulation mechanisms, musical knowledge is mobilized, improving the repertoire preparation.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/8977
Arquivos Descrição Formato
000592734.pdf (5.315Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir
000592734.avi (45.49Mb) Vídeo Vídeo Visualizar/abrir
000592734-02.avi (82.64Mb) Vídeo Vídeo Visualizar/abrir
000592734-03.avi (64.82Mb) Vídeo Vídeo Visualizar/abrir
000592734.zip (166.0Mb) Trabalho completo zipado Arquivo ZIP Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.