Repositório Digital

A- A A+

Taxonomia e sistemática dos tuco-tucos do noroeste do Brasil (RODENTIA-CTENOMYIDAE) e a descrição de uma nova espécie da Amazônia brasileira

.

Taxonomia e sistemática dos tuco-tucos do noroeste do Brasil (RODENTIA-CTENOMYIDAE) e a descrição de uma nova espécie da Amazônia brasileira

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Taxonomia e sistemática dos tuco-tucos do noroeste do Brasil (RODENTIA-CTENOMYIDAE) e a descrição de uma nova espécie da Amazônia brasileira
Autor Stolz, José Francisco Bonini
Orientador Freitas, Thales Renato Ochotorena de
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular.
Assunto Amazônia : Brasil
Ctenomys bicolor
Ctenomys nattereri
Resumo Existem atualmente oito espécies de tuco-tucos, roedores subterrâneos do gênero Ctenomys descritas para o Brasil. Quatro delas, que habitam a região sul, são bem conhecidas e estudadas: C. flamarioni, C. minutus, C. lami e C. torquatus. As outras: C. brasiliensis, C. nattereri, C. rondoni e C. bicolor, que habitam a região noroeste possuem como conhecimento científico apenas a descrição de cada uma delas. Pouco ou nenhum material testemunho de suas descrições e um abandono por parte da ciência em uma lacuna de tempo de mais de cem anos sem que seu status taxonômico, evolutivo ou qualquer tipo de conhecimento tenha sido pesquisado levaram ao questionamento destas entidades como espécies válidas. Sabendo da existência de populações de tuco-tucos habitando os estados de Mato-Grosso e Rondônia, foram realizadas expedições de levantamento e coleta de dados objetivando abranger a distribuição noroeste brasileira do gênero Ctenomys tratando de elucidar as questões evolutivas e taxonômicas existentes. Foram coletados cinquenta indivíduos em cinco populações distintas e analisados quanto ao cariótipo, através de análises moleculares utilizando o DNA mitocondrial, quanto a morfologia externa e a morfometria geométrica craniana dos espécimes encontrados. Com base nos resultados obtidos este trabalho eleva novamente ao nível de espécie C. nattereri, que havia sido sinonimizado a C. boliviensis por falta de trabalhos mais consistentes de comparação entre as duas espécies. Também redescobrimos e validamos como espécie C. bicolor, a espécie que habita mais ao norte dentre as 60 espécies conhecidas do gênero. Propõesse a descrição de uma nova espécie, C. amazonicus, habitando o interior da floresta amazônica na sua porção leste, o que é uma novidade para o gênero, que habitualmente ocupa áreas de vegetação aberta. O presente trabalho aduda a resolver questões importantes ao entendimento de parte da biodiversidade brasileira, que só pode ser realizado com o uso de diferentes abordagens, que permitiram um parecer irrevogável da situação destas entidades biológicas e traz a luz do conhecimento científico um novo grupo de espécies que possui características evolutivas únicas.
Abstract There are currently eight species of tuco-tucos, subterranean rodents of the genus Ctenomys described for Brazil. Four of them, who inhabit the southern region, are well known and studied: C. flamarioni C. minutus, C. lami and C. torquatus. The others: C. brasiliensis, C. nattereri, C. rondoni and C. bicolor, inhabiting the northwest have only the description of each as scientific knowledge. Little or no material witness to their description and abandonment by science in a time gap of more than one hundred years without their taxonomic status, evolution or any kind of knowledge has been investigated led to the questioning of these entities as valid species. Knowing the existence of populations of tuco-tucos inhabiting the states of Mato Grosso and Rondonia, expeditions were carried out to survey and collect data aiming to cover the distribution of the genus Ctenomys in the northwestern Brazil trying to clarify the existing taxonomic and evolutionary questions. Fifty individuals were collected in five distinct populations and analyzed for karyotype, molecular analysis using mitochondrial DNA, plus external morphology and cranial geometric morphometrics of specimens. This work elevates to the level of species C. nattereri, which had been synonymized to C. boliviensis for lack of more consistent comparison between the two species. Also rediscovered and validated as a species C. bicolor, the species that inhabits farther north among the 60 known species of the genus. A new species was discovered, C. amazonicus, inhabiting the interior of the Amazon rainforest in its eastern portion, which is new to the genus, which usually occupies open vegetated areas. Necessary issues were resolved to the understanding of Brazilian biodiversity, which can only be achieved by using different approaches, which allowed an irrevocable opinion of the situation of these biological entities and bring the light of scientific knowledge to a new group of species that have exclusive evolutionary characteristics.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/90487
Arquivos Descrição Formato
000913419.pdf (2.637Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.