Repositório Digital

A- A A+

Os estágios de docência e a formação de professores em educação física : um estudo de caso no curso de Licenciatura da ESEF/UFRGS

.

Os estágios de docência e a formação de professores em educação física : um estudo de caso no curso de Licenciatura da ESEF/UFRGS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os estágios de docência e a formação de professores em educação física : um estudo de caso no curso de Licenciatura da ESEF/UFRGS
Autor Nunes, Rute Viégas
Orientador Fraga, Alex Branco
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Currículo
Estágio
Estudo de caso
Formação profissional
[en] Case study
[en] Curriculum
[en] Physical education
[en] Professional formation
[en] Teachers training
Resumo Esta pesquisa está centrada na análise dos estágios de docência que compõem o currículo formador em Licenciatura da Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (ESEF/UFRGS). Através de um estudo de caso, descrevo, discuto e problematizo o impacto das recentes mudanças nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, mais detidamente os estágios curriculares, na formação inicial em Educação Física. Entre as alterações curriculares implantadas destaca-se a ampliação da carga horária dos estágios, que no caso específico da ESEF/UFRGS passou de 150 horas cursadas em um único semestre para 450 horas distribuídas em três semestres e nos três níveis de ensino (educação infantil, ensino fundamental e médio). Tal alteração nos estágios da licenciatura, associada à implantação do bacharelado, produziram vários efeitos na organização curricular da ESEF/UFRGS, especialmente na relação entre formação teórica e prática pedagógica em educação física. De um modo geral, a ampliação da carga horária dos estágios de docência é apresentada nos documentos oficiais (e reconhecida no meio educacional) como um elemento positivo na formação dos futuros professores de todas as disciplinas escolares. No entanto, se levarmos em consideração o caso específico da educação física, estigmatizada como uma disciplina escolar meramente prática, pouco exigente em termos de conteúdo e normalmente distante das demais disciplinas escolares, duas questões se impõem: que tipo de contribuição a ampliação dos estágios em docência (tanto na carga horária quanto na abrangência de níveis de ensino) traz para a formação docente em educação física? Uma maior exigência de tempo de prática pode levar à formação de professores mais qualificados e comprometidos com os princípios constantes, por exemplo, nos documentos curriculares nacionais vigentes? Para dar conta desta discussão, serão analisadas as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, os documentos disponíveis on-line pela Coordenadoria das Licenciaturas da Pró-Reitoria de Graduação da UFRGS (órgão responsável pela normatização das reformas curriculares), os currículos dos cursos de Licenciatura em Educação Física da ESEF/UFRGS, bem como toda a documentação disponível na Comissão de Graduação da Educação Física (COMGRAD) da ESEF/UFRGS. Além da análise desta documentação, foram entrevistados alunos que cursaram o estágio de docência no ensino médio na ESEF/UFRGS. Este movimento analítico está baseado na revisão da produção acadêmica pertinente à formação inicial, mais especificamente aos estágios de docência, e está sustentado em autores que lidam com os estudos de currículo no campo da Educação em articulação com autores que tratam à temática dentro do campo da Educação Física. Como um dos principais relatos destaca-se a heterogeneidade das estratégias de orientação dos professores responsáveis pelo estágio em docência, fato destacado nas falas dos entrevistados.
Abstract This research focuses on teacher training analysis which makes up the Curriculum for Teachers Training in the Undergraduate Course of Physical Education at Federal University of Rio Grande do Sul (ESEF/ UFRGS). Through a case study, I describe, discuss and explore the impact of recent changes in the National Curriculum Guidelines for Teachers Training in Basic Education, more specifically the curricular traineeships, in the initial phases of Physical Education instruction. Among the implemented curricular changes, it is important to emphasize the increase in trainee workload, wich in the specific case of ESEF/UFRGS changed from 150 hours in only one semester to 450 hours divided into three semesters, and in the three stages of the educational system (early childhood education, elementary and high school). Such changes produced various effects in the ESEF/UFRGS curricular organization, especially in the relationship between theoretical and pedagogical practice in physical education. In general, the expansion of the teachers traineeship is presented in official documents (and recognized in the educational environment) as a positive element in the training of future teachers of all school subjects. However, if we consider the specific case of physical education, stigmatized as a mere practical subject, with little demands in terms of contents and usually far from the other school subjects, two questions are needed: what kind of contribution the expansion of teachers traineeships (both in the number of hours and in the range of educational levels) brings to the physical education teachers training? A higher larger practice time can lead to more qualified teachers, and more involved with constant principles, for instance, in the current national curriculum documents? To enable this discussion, the National Curricular Guidelines for Teacher Training in Basic Education will be analysed, as well as the documents available online by the Undergraduate Coordinator of the Pro-Rectory of Undergraduate studies at UFRGS (body responsible for the standardization of curriculum reforms), the curriculum of Physical Education degrees ESEF/UFRGS and all available documentation in the Commission on Undergraduate Education in Physical Education (COMGRAD) of ESEF/UFRGS. Besides the analysis of these documents, students who did the teachers traineeship at in high schools were interviewed in ESEF/UFRGS. This analysis is based on the academic literature review on initial training, more specifically on teachers traineeship, and it is sustained by authors who deal with studies in the Educational field, in consonance with authors who deal with the theme within the field of Physical Education. One of the main findings of this research has been the heterogeneity of the teachers‟ strategies responsible for teachers training, a fact that has been identified in the speeches of the interviewees.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/93379
Arquivos Descrição Formato
000915157.pdf (600.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.