Repositório Digital

A- A A+

Credibilidade e populismo no Brasil : a política dos governos Vargas e Goulart

.

Credibilidade e populismo no Brasil : a política dos governos Vargas e Goulart

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Credibilidade e populismo no Brasil : a política dos governos Vargas e Goulart
Autor Fonseca, Pedro Cezar Dutra
Monteiro, Sergio Marley Modesto
Resumo O segundo governo de Vargas (1951-54) e o governo de João Goulart (1961-64) são usualmente considerados como exemplos típicos do populismo no Brasil. A maior parte da literatura considera as políticas econômicas neles implementadas como “hesitantes”, “irracionais” ou “ambíguas”. Entretanto, a análise das políticas econômicas dos dois governos permite que sejam detectadas certas regularidades, que podem ser compreendidas como o resultado de equilíbrio em um modelo de credibilidade. Observa-se que a condução das políticas econômicas parte de uma mesma estratégia de convencer os agentes privados quanto `a prioridade no combate `a inflação. `A medida que o tempo avança, essa prioridade vai gradualmente sendo afrouxada, iniciando-se uma segunda fase, de randomização. Essa política oscilatória contribui para abalar a credibilidade dos governos e inaugura uma terceira fase em que, vendo a crise aprofundar-se, estes acabam por abandonar a opção pela estabilidade.
Abstract The Vargas’ second administration (1951-54) and Goulart’s administration (1961-64) are considered typical examples of populism in Brazil. Because of the political problems both presidents had to face, the literature usually defines their economic policies as “hesitating”, “irrational” or “ambiguous”. However, the analysis of the two periods indicates that there is a pattern in the way economic policies were conducted, which can be understood as a result of an equilibrium strategy in a model of credibility. The governments started with measures to fight against inflation that improved the credibility of the economic policies. As time goes on, though, the policies were random, alternating measures pro and against stabilization. Later, as a result of the costs associated with the policies, they abandoned the austerity and, in consequence, the credibility decreased and the attempts of stabilization failed.
Contido em Revista brasileira de economia. Rio de Janeiro : FGV, 1947-. Vol. 59, n. 2 (abr./jun. 2005), p. 215-243
Assunto Governo Getúlio Vargas : 1930-1945
Governo Getúlio Vargas : 1951-1954
Governo João Goulart : 1961-1964
História econômica : 1950-1959 : Brasil
História econômica : 1960-1969 : Brasil
Política econômica : Credibilidade
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/94415
Arquivos Descrição Formato
000490951.pdf (213.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.