Repositório Digital

A- A A+

Formação continuada na perspectiva da educação inclusiva : epistemologia e prática

.

Formação continuada na perspectiva da educação inclusiva : epistemologia e prática

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Formação continuada na perspectiva da educação inclusiva : epistemologia e prática
Autor Guasselli, Maristela Ferrari Ruy
Orientador Krahe, Elizabeth Diefenthaeler
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Educação básica
Educação continuada
Educação especial
Epistemologia
Inclusão escolar
Professor
[en] Basic education
[en] Continuing education
[en] Special education
[en] Teachers
Resumo Este estudo, "Formação Continuada na Perspectiva da Educação Inclusiva: Epistemologia e Prática", foi desenvolvido na linha de pesquisa Universidade: Teoria e Prática, mais especificamente no campo da formação de professores, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) como requisito de curso de doutorado. A pesquisa analisou uma interface entre a produção de conhecimento na universidade e a prática na escola de ensino regular, com foco na formação continuada em educação especial e a relação com o trabalho docente na educação básica. Traz questionamentos acerca dos saberes que constituem as práticas dos professores e suas decisões pedagógicas, após realização de curso de Pós-Graduação em Educação 􀂱 Lato Sensu 􀂱 Especialização em Educação Inclusiva, em uma universidade comunitária da região metropolitana de Porto Alegre no RS. Os sujeitos principais da pesquisa foram 16 professoras/alunas concluintes do curso. Os dados foram coletados em entrevistas com as professoras, investigando sobre seus fazeres no contexto em que estão inseridas, possibilitando que dessem sentido às suas ações nas relações que estabelecem entre o campo epistemológico da formação continuada em educação especial e a forma como racionalizam esse conhecimento na educação básica. A abordagem desenvolvida neste estudo é de natureza qualitativa, tendo o processo de investigação fundamentado na Análise de Discurso (AD), considerando que a mesma não estaciona na interpretação, mas trabalha seus limites, seus mecanismos, como parte dos processos de significação. O exercício analítico foi realizado em conjuntos discursivos dentro de quatro eixos principais: Políticas Públicas Educacionais; Epistemologia e Prática; Formação Continuada; Valorização do Professor. As reflexões aqui construídas estão embasadas também em fontes documentais, como: as Diretrizes Nacionais para a formação de professores na modalidade da educação especial na educação básica e documentos da Instituição. O estudo retrata momentos e movimentos gerados pelas políticas públicas educacionais que trazem, em sua diversidade, elementos para pensar a formação docente e o lugar que o professor ocupa no atual contexto. Frente aos tensionamentos evidenciados nos conjuntos discursivos, o argumento principal desse estudo direciona para a afirmação de que os saberes produzidos, ressignificados e/ou refletidos, no curso de formação continuada em educação especial, aqui analisados, no que se refere à prática de educação inclusiva, para decisão pedagógica, é uma ação complexa no contexto da educação básica e exige saberes de diferentes naturezas, que vão além do campo epistemológico e prático, pois incluem aqueles que estão alicerçados na cultura de cada docente. Nesse contexto, o desafio posto reside na possibilidade de construir ações oferecidas pelas esferas públicas, visando maior organicidade dos sistemas de ensino para garantir as políticas de valorização docente, associadas à formação continuada, salários, carreira e desenvolvimento profissional.
Abstract This research "The continuing education in the epistemology and pratice" was developed a research group, specifically in the teacher educational field, at the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS) Post Graduate Program in Education, part of PhD studies The research analyzes an interface between the production of knowledge in the university and the regular basic schools´ practice, focusing on continuing graduation in special education and it´s relation to teaching in these schools. It brings up questions about the knowledge that builds the teachers´ practices and their pedagogical decisions after finishing the Postgraduate Education Specialization in Inclusive Education- Sensu Lato - course at a community college in the metropolitan area of Porto Alegre, RS. The research main subjects were 16 teacher / students graduated at the course. Data were collected through interviews with them, investigating on their doings in the context in which they operate. If they were enabled to give meaning to their actions in the relationships established between the epistemological field of special education continuing education and how they rationalized this knowledge at basic education. The study was developed in a qualitative approach, with inputs supported by a speech analysis, considering that does not end at the interpretation, but works its limits, its mechanisms, as part of the process of signification. The analytical exercise was conducted in discursive sets within four main areas: Public Educational Policies, Epistemology and Practice, Continuing Education, Teacher Valuation. Considerations were are also made based on solid documentary sources, such as the National Guidelines for basic education teachers´ training in special education as well as documents of the course institution. The study reflects moments and movements generated by educational policies which bring in their diversity elements to think about teacher training and the place teachers occupy in current context. Facing the tensions disclosed in the discursive sets under analysis, the main argument of the study indicates that the knowledge produced, reinterpreted and / or reflected in the continuing education course in special education analyzed here, in relation to the practice of inclusive education for pedagogical decision, is a complex action in the basic education context and requires knowledge of different natures, which goes beyond the epistemological field and practice, because they include those who are grounded in culture of each teacher. In this context, the challenge lies in the possibility to build actions offered by public spheres, seeking greater organic quality of education systems to ensure the policies of teacher valuing, associated with continuing education, salary, career and professional development.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/94630
Arquivos Descrição Formato
000914885.pdf (1.620Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.