Repositório Digital

A- A A+

Morfologia pós-craniana de cinodontes traversodontídeos da zona de associação de Santacruzodon, triássico médio do Rio Grande do Sul, Bacia do Paraná, Brasil

.

Morfologia pós-craniana de cinodontes traversodontídeos da zona de associação de Santacruzodon, triássico médio do Rio Grande do Sul, Bacia do Paraná, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Morfologia pós-craniana de cinodontes traversodontídeos da zona de associação de Santacruzodon, triássico médio do Rio Grande do Sul, Bacia do Paraná, Brasil
Autor Bertoni, Ricardo Saboia
Orientador Ribeiro, Ana Maria
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Cinodonte
Paleovertebrados
Paraná, Bacia do
Rio Grande do Sul
[en] Cynodonts
[en] Paraná basin
[en] Post-cranial skeleton
[en] Traversodontidae
[en] Triassic
Resumo A grande maioria dos cinodontes não-mamalianos possui seu esqueleto póscraniano completo, porém muitos se encontram apenas parcialmente descritos. A maior parte do conhecimento acerca deste grupo e de suas relações filogenéticas com os mamíferos baseia-se na anatomia sincraniana e dentária, uma vez que a abundância de material desta natureza é relativamente maior do que a de restos pós-cranianos. O afloramento Schoenstatt localiza-se na periferia do Município de Santa Cruz do Sul (BR 471), Rio Grande do Sul, Brasil, ao lado da rodovia RST 287, sendo atribuído à Zona de Associação de Santacruzodon. Neste afloramento, é registrada uma fauna meso-triássica na qual predominam os cinodontes nãomamalianos, dos quais já foram registrados pelo menos 100 espécimes. Com base em material craniano e dentário, já foram reportados nesta localidade os traversodontídeos Santacruzodon hopsoni, cf. Massetognathus e Menadon besairei, enquanto que o material pós-craniano ainda não foi estudado. Esta dissertação objetiva descrever a morfologia do material pós-craniano pertencente à família Traversodontidae, coletado no afloramento Schoenstatt e depositados na Seção de Paleontologia do MCN-FZBRS, estudando comparativamente espécies das demais Zonas de Associação do Triássico do RS e de outras formações triássicas gonduâicas. Todos os restos pós-cranianos aqui descritos, foram separados em dois morfótipos distintos, sendo proposto para o morfotipo I, Menadon besairei e para o morfotipo II, Santacruzodon hopsoni. Para esta classificação, foram utilizados critérios anatômico-morfológicos específicos de cada osso, bem como o tamanho dos ossos e associação destes com material sincraniano e dentário. Após a análise morfológica, pode-se observar uma mescla de caracteres ditos “reptilianos” e outros “mamalianos” para os espécimes estudados, o que corrobora com os estudos anteriores sobre anatomia pós-craniana de cinodontes não-mamalianos, sendo observado que o morfótipo I, possui uma maior quantidade de caracteres primitivos em relação ao morfótipo II, mais derivado e similar à condição mamaliforme dos mamíferos mais primitivos.
Abstract Most of the non-mammalian cynodonts have its postcranial skeleton complete however in most cases partially described. The most of the knowledge about this group and their phylogenetic relationships with mammals is based on sincranian and dental anatomy, since the abundance of such material is relatively higher than the post-cranial remains. The Schoenstatt outcrop is located on the city of Santa Cruz do Su (BR 471)l, Rio Grande do Sul, Brazil, side of Highway RST 287, being assigned of the Santacruzodon Assemblege Zone. In this outcrop, is predominant one meso- Triassic fauna typified by non-mammalian cynodonts, of which there have been recorded at least 100 specimens. Based on cranial and dental material, have already been reported for this localition the traversodontids Santacruzodon hopsoni, Massetognathus and Menadon besairei, Whereas postcranial material has not been studied. This work aims to perform the morphological description of the postcranial material of the traversodontids collected in Schoenstatt outcrop and deposited in Paleontologycal Collection of the Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul studying comparatively the other species of the others Assemblege Zones of Triassic of the RS and others Triassic Gondwana formations. All postcranial materials described herein, are separated into two distinct morphotypes, being proposed for the morphotype I, Menadon besairei and for the morphotype II, Santacruzodon hopsoni. For this classification, specific anatomical and morphological criteria of each bone were used, well as bone size, and association of these with sincranian and dental materials. After morphological analysis, we can observe a blend of "reptilian" and other mammals characters for the studied specimens, which corroborates previous studies on postcranial anatomy of non-mammalian cynodonts, been observed that the morphotype I, has a greater number of primitive characters relative to morphotype II, more derivative and similar to mamaliforme condition of primitive mammals.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/94683
Arquivos Descrição Formato
000915830.pdf (7.289Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.