Repositório Digital

A- A A+

Enquanto a aula acontece... práticas juvenis (des)ordenando espaços e tempos escolares contemporaneos

.

Enquanto a aula acontece... práticas juvenis (des)ordenando espaços e tempos escolares contemporaneos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Enquanto a aula acontece... práticas juvenis (des)ordenando espaços e tempos escolares contemporaneos
Autor Severo, Rita Cristine Basso Soares
Orientador Garbin, Elisabete Maria
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Escola
Espaço
Estudos culturais
Juventude
Tempo
[en] Cultural studies
[en] Venues and times school contemporary
[en] Youths
Resumo Esta tese tem como interesse central as práticas culturais juvenis em espaços e tempos escolares de duas escolas públicas em Porto Alegre. Tomando tais práticas como ponto de partida para pensar acerca dos sentidos da escola contemporânea e da constituição da identidade dos sujeitos-jovens-alunos contemporâneos. Conduzi minhas análises a partir da seguinte questão: Como as práticas juvenis, além de estarem reconfigurando os espaços e tempos escolares, podem estar produzindo a escola, os professores e os sujeitos-jovens-alunos contemporâneos? Desse modo, esta pesquisa tem como objetivo central analisar práticas juvenis que ocorrem nos espaços e tempos escolares problematizando as relações que se dão entre os sujeitos-jovens-alunos e os rituais instituídos pela escola. Inscrita no campo dos Estudos Culturais, busco articulações com o campo de estudos sobre Juventudes e o campo da antropologia, especificamente o da etnografia sob inspiração de autores como Geertz, Gottschalk e Clifford cujos trabalhos se situam na chamada corrente antropológica pós-moderna. Para tematizar sobre as juventudes, dialogo com as ideias dos autores Margulis e Urresti, Reguillo, Garbin, Canevacci, Pais, entre outros. Eles destacam que não existe um único jeito de ser jovem, e sim juventudes que variam de acordo com a classe social, o lugar onde vivem as gerações às quais pertencem e a diversidade cultural. Para tecer minhas considerações acerca da escola, me reporto aos estudos de Áries, Varela e Uria, Dubet, Narodovisky, Rocha, Veiga-Neto, Sacristán, Ramos do Ó, Xavier, Sibilia, entre outros. Assim, foi possível considerar, ao longo desta pesquisa, que as diferentes dimensões da condição juvenil são mediatizadas e embricadas pelas categorias de espaço e tempo. Os jovens tendem a transformar os espaços físicos em espaços sociais, pela produção de estruturas particulares de significados. Um exemplo percebido ao longo do estudo, foi o sentido que os jovens atribuem à escola. Para eles, a escola aparece como um lugar de interações afetivas e simbólicas, carregado de sentidos. Apontam a escola como um lugar privilegiado, o lugar da sociabilidade, ou, mesmo, o cenário para a expressão da cultura que elaboram, numa reinvenção dos espaços e tempos do recreio, dos corredores, do pátio e, até mesmo, das salas de aula. Desse modo, posso inferir que as tensões, negociações existentes entre os sujeitos que habitam a escola produzem outros significados de escola, de professor e de aluno na contemporaneidade.
Abstract This thesis has as its central interest the youth cultural practices in school spaces and times of two public schools in Porto Alegre. Taking such practices as a starting point to think about the meanings of contemporary schooling and the constitution of the identity of contemporary subjects - young – students I conducted my analysis from the following question: How youth practices, besides being reconfiguring spaces and school times, can produce the school, teachers and contemporary subjects - young - students ? Thus, this research is mainly aimed to analyze youth practices that occur in space and school time questioning the relationships that occur between subjects - young - students and rituals instituted by the school. Entered in the field of Cultural Studies , seek links with the field of studies on Youth and the field of anthropology, ethnography specifically under inspiration from authors such as Geertz , Clifford Gottschalk and whose works are in the postmodern anthropological current call. To thematize on youths, dialogue with the ideas of the authors and Urresti Margulis , Reguillo , Garbin , Canevacci , parents , among others . They point out that there is no single way to be young, but youths who vary according to social class , where the generations to which they belong and live cultural diversity . To weave my remarks about the school , I refer to studies of Aries , Varela and Uria , Dubet , Narodovisky Rock Veiga - Neto , Sacristan , Ramos do Ó , Xavier , Sibilia , among others . Thus, it was possible to consider throughout this research that the different dimensions of juvenile condition and are mediated embricadas the categories of space and time . Young people tend to transform physical spaces into social space for the production of particular structures of meaning. A perceived throughout the study , example was the sense that young people attach to them escola.Para school appears as a place of emotional and symbolic interactions , loaded with meanings . They point to the school as a privileged place , the place of sociability , or even the stage for expression of culture that elaborate , a reinvention of spaces and times of recreation , the corridors , the courtyard and even the classroom . Thus , I can infer that the tensions existing negotiations between the subjects who inhabit the school produce other meanings of school, teacher and student nowadays.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/94695
Arquivos Descrição Formato
000914975.pdf (4.969Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.