Repositório Digital

A- A A+

Sistema scala e deficiência motora : contribuições na inclusão de uma aluna com paralisia cerebral na rede regular de ensino

.

Sistema scala e deficiência motora : contribuições na inclusão de uma aluna com paralisia cerebral na rede regular de ensino

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sistema scala e deficiência motora : contribuições na inclusão de uma aluna com paralisia cerebral na rede regular de ensino
Autor Sitoe, Sheila António
Orientador Passerino, Liliana Maria
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Autismo
Comunicação alternativa
Ensino regular
Inclusão escolar
Paralisia cerebral
[en] Alternative communication
[en] Cerebral palsy
[en] SCALA
[en] Scanning system
[en] Special education
Resumo A presente pesquisa vinculada ao grupo TEIAS (Tecnologia em Educação para Inclusão e Aprendizagem em Sociedade: http://www.ufrgs.br/teias/) procurou desenvolver uma tecnologia assistiva (sistema de varredura) e um estudo de caso com uma criança com Paralisia Cerebral e não oralizada, matriculada em uma escola regular do Rio Grande do Sul. A pesquisa teve como objetivo desenvolver um sistema de varredura para o SCALA (Sistema de Comunicação Alternativa para Letramento de Pessoas com Autismo: http://scala.ufrgs.br/siteScala/projetoScala/) de modo a possibilitar seu uso por pessoas com deficiência motora bem como compreender como ocorre o processo de inclusão de um aluno com Paralisia Cerebral na escola mediado por um sistema de comunicação alternativa. Participou do estudo uma criança com Paralisia Cerebral, duas professoras e seus colegas de turma (2 ciclo). A pesquisa foi desenvolvida com base na teoria sócio histórica, por entender que a estrutura humana é produto de um processo de desenvolvimento profundamente enraizado nas ligações entre a história individual e história social. A coleta foi realizada por meio de observações sistemáticas e entrevistas informais gravadas em vídeos com o complemento do diário de bordo. Assim, se desenvolveu um estudo de caso de caráter qualitativo que apresentou dois momentos de observação do sujeito, antes da introdução do sistema de Comunicação Alternativa e depois da introdução do mesmo. A pesquisa permitiu engendrar algumas pistas sobre a relação entre o uso da comunicação alternativa e o sujeito com Paralisia Cerebral no contexto da inclusão escolar. A partir dos resultados, ficou evidente que, embora a Paralisia Cerebral evidencie alguns limites motores, ao mesmo tempo, se percebe que é possível viabilizar a inclusão social, principalmente quando se imbrica o uso de novas tecnologias com a inclusão considerando que os meios de comunicação alternativa permitem dar voz às pessoas sem fala funcional quando há mediação e partilha entre uma rede de pessoas (professores, familiares, comunidade) e instituições que se disponibilizam a dar visibilidade à diversidade.
Abstract This research is linked to TEIAS project (Technology in Education Inclusion and Learning in Society: http://www.ufrgs.br/teias/). It sought to develop assistive technology (Scanning System) and a case study on the inclusion of a nonverbal child diagnosed with Cerebral Palsy enrolled in a regular school in Rio Grande do Sul. The research aimed at (1) contemplating users with motor disabilities in the use of SCALA (Alternative Communication System for Literacy of People with Autism: http://scala.ufrgs.br/siteScala/projetoScala/) by developing a scanning system as an additional means to access SCALA; and, (2) understanding the process of including a student with cerebral palsy at school whose communication is mediated by an alternative communication system. A nonverbal child with Cerebral Palsy, two teachers and her classmates (4th grade) participated in the study. The survey was developed based on historical social theory. Data were collected through systematic observations, informal interviews recorded on video and research notes. The qualitative case study comprised two phases: before and after the introduction of Alternative Communication System. The study engendered clues about the relationship between the use of alternative communication with subjects with Cerebral Palsy in the school context. Results show that although cerebral palsy imposes limits to body movements, it is possible to make social inclusion feasible for nonverbal people with Cerebral Palsy and to develop possibilities for social inclusion, especially through the use of new technologies for alternative communication which made interaction possible among a network of people (teachers, family, community) and institutions interested in giving visibility to diversity.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/94696
Arquivos Descrição Formato
000914982.pdf (2.394Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.