Repositório Digital

A- A A+

Avaliação nutricional da palha de arroz para ruminantes

.

Avaliação nutricional da palha de arroz para ruminantes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação nutricional da palha de arroz para ruminantes
Outro título Nutritional evaluation of the rice straw to ruminants
Autor Peripolli, Vanessa
Orientador Barcellos, Julio Otavio Jardim
Co-orientador Prates, Enio Rosa
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Digestibilidade
Palha de arroz
Ruminante
Valor nutritivo
Resumo A proposta de pesquisa associa os fatores que influenciam o valor nutricional da palha de arroz enfardada e sua suplementação com aditivos biotecnológicos, vizando a melhora dos processos fermentativos e do aproveitamento da fibra de baixa qualidade. O conjunto de estudos aqui apresentados foram conduzidos no setor de ruminantes do Laboratório de Ensino Zootécnico da UFRGS durante o período de março de 2011 a março de 2013. No capítulo II foram analisadas 42 amostras de palha de arroz enfardada, objetivando avaliar os efeitos dos fatores culturais e de fenação sobre a composição química, o valor energético, o fracionamento da proteína e a digestibilidade e ainda identificar as frações químicas que mais contribuem para a variação no valor nutricional entre as amostras. Os dados foram analisados usando o MIXED do pacote estatístico SAS e também por meio de análises de fatores, de correlação canônica, de discriminação e de agrupamento. No capítulo III avaliou-se a digestibilidade, os parâmetros e cinética da fermentação, a produção máxima de gases, as produções de metano e CO2 e a concentração de ácidos graxos voláteis de duas palhas (maior e menor valor nutricional) incubadas sem suplemento (SS) ou com suplemento mineral e energético-protéico (SMEP), enzimas fibrolíticas exógenas (SE) ou a combinação dos dois suplementos (SMEP + SE). Os dados foram analisados em arranjo fatorial 2 x 4 utilizando o PROC MIXED. Os resultados do capítulo II indicaram que existe grande variação no valor nutricional das amostras de palha de arroz. Estas diferenças foram atribuídas aos efeitos de ciclo de desenvolvimento, de época de enfardamento e de produtividade de grãos. De acordo com a análise de fatores, 86% da variação no valor nutricional nas amostras de palhas de arroz foram explicadas por 10 frações químicas. No capítulo III observou-se que o uso de suplemento mineral e energético-protéico, melhorou a digestibilidade in vitro da matéria seca e da matéria orgânica da palha de arroz de maior valor nutricional. O incremento de carboidratos e nitrogênio por meio dos suplementos SMEP e SMEP + SE resultou em aumento nas concentrações de N-NH3 e diminuição na produção de CO2 in vitro demonstrando importante efeito mitigador desses suplementos quando adicionados a dieta.
Abstract The proposed research associates identification of factors that influence the nutritional value of rice straw baled and supplementation of straw with biotechnological additive, aiming the improvement of fermentation processes, and consequently, a better utilization of low quality fiber present in rice straw baled using in vitro techniques. The set of studies presented here were carried in the ruminant sector of Laboratory of Animal Science of UFRGS. In Chapter II, 42 samples of rice straw baled were analysed to evaluate the effects of cultural and baled factors on chemical composition, energy value, fractionation of protein and digestibility, and to identify chemical fractions that contribute most to the variation in the nutritional value of the rice straw samples analyzed. Data set were analyzed using PROC MIXED and also by means of analysis of factors, canonical correlation, discriminant and cluster. In Chapter III was evaluated the digestibility parameters and fermentation kinetics, the maximum gas production, the production of methane and CO2 and the concentration of volatile fatty acids of straw from two rice straw (high and low nutritional value) incubated without supplement (WS) or with mineral and protein-energy supplement (MPES), exogenous fibrolytic enzymes (EE) or the combination of the two supplements (MPES + EE). Data were analyzed in 2 x 4 factorial arrangement using PROC MIXED. The results of Chapter II indicated great variation in the nutritional value of rice straw samples. These differences were attributed to the effects of development cycle, time of baling rice straw and grain yield. According to the factor analysis 86 % of the variations in the nutritional value of rice straw samples were explained by 10 chemical fractions. In Chapter III it was observed that the use of mineral and energy-protein supplement improved the in vitro digestibility of dry and organic matter of the rice straw with higher value nutricional. Increase of carbohydrate and nitrogen through supplements MPES and MPES + EE resulted in increased concentrations of NH3-N and decrease in CO2 production in vitro demonstrating important mitigating effect of these supplements when added to diet.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/94736
Arquivos Descrição Formato
000916401.pdf (1.702Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.