Repositório Digital

A- A A+

Estudo da toxicidade reprodutiva da associação de β-glucana e itraconazol em ratos wistar

.

Estudo da toxicidade reprodutiva da associação de β-glucana e itraconazol em ratos wistar

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da toxicidade reprodutiva da associação de β-glucana e itraconazol em ratos wistar
Autor Stedile, Rafael
Orientador Mello, Joao Roberto Braga de
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Farmacologia veterinaria
Patologia veterinaria : Animais de laboratorio
Terapeutica veterinaria
Toxicidade reprodutiva : Ratos wistar
Resumo Nos últimos anos, o número de pacientes com infecções fúngicas sistêmicas e que necessitam de terapia com antifúngicos tem aumentado. Consequentemente, tornam-se frequentes os relatos de resistência aos tratamentos tradicionais. Desta maneira, novas alternativas terapêuticas surgem, incluindo a associação de β(1-3) glucana à terapia com itraconazol. Contudo, não são conhecidos os efeitos desta associação sobre o sistema reprodutivo e a fertilidade. O objetivo deste estudo foi identificar os efeitos da associação de itraconazol e β(1-3) glucana, extraída do Saccharomyces cerevisiae, sobre a fertilidade de ratos, machos e fêmeas, e as possíveis interferências no desenvolvimento da progênie, incluindo potencial teratogênico. Foram estudados 240 ratos Wistar, separados em seis diferentes grupos (10 machos e 30 fêmeas por grupo): IT- tratados com 10 mg.kg-1 de itraconazol por via oro-gástrica (VO) diariamente; Beta – tratados com 0,5mg de beta-glucana por via subcutânea (SC) semanalmente; DT, DT5x e DT10x – tratados com associação de beta-glucana (0,5 mg, SC) e três diferentes doses de itraconazol, sendo 10, 50 e 100 mg.kg-1 (VO), respectivamente; e Controle – tratados com água destilada (VO) e solução de NaCl 0,9% (SC). Os machos foram tratados durante 70 dias pré-acasalamento e 21 dias de acasalamento; e as fêmeas durante o período de pré-acasalamento (14 dias), acasalamento (até 21 dias), gestação (21 dias) e lactação (21 dias). Foram avaliados: índices reprodutivos, incluindo parâmetros espermáticos, concentração sérica de testosterona e comportamento maternal; alterações esqueléticas fetais; e indicadores de desenvolvimento físico e neurolocomotor na progênie, incluindo comportamento em campo aberto e comportamento sexual. Com base nos resultados, conclui-se que as doses terapêuticas da ß-glucana e do itraconazol, isoladas ou em associação, não interferem nas variáveis reprodutivas estudadas em machos ou fêmeas, exceto taxa de perdas pós-implantação. As doses elevadas de itraconazol na associação com β-glucana demonstram alterar significativamente as variáveis reprodutivas de machos e fêmeas. Os resultados sugerem que os efeitos sobre a fertilidade do macho sejam funcionais. Salienta-se o potencial teratogênico e embriotóxico das doses mais elevadas de itraconazol associadas à β-glucana, como também atraso, apesar de discreto, em alguns parâmetros do desenvolvimento físico dos filhotes. Recomenda-se cautela na utilização de altas doses de itraconazol associado ou não a ß-glucana, principalmente em terapias prolongadas.
Abstract In recent years, the number of patients with systemic fungal infections requiring antifungal therapy has increased. As a consequence, antimicrobial resistance to conventional treatment is frequently reported. Because of that, new therapies emerge, including the combination of beta (1-3) glucan and itraconazole. However, the reproductive and fertility effects of this association were not known. So, the aim of this study was to identify the effects of the combination of itraconazole and beta (1-3) glucan, extracted from Saccharomyces cerevisiae, on male and female rats fertility, and the possible interference in the progeny development including teratogenic potential. Two hundred forty Wistar rats were separated into six groups (10 male and 30 female per group) IT- treated daily with 10 mg.kg -1 itraconazole via orogastric; Beta - treated weekly with 0.5mg of β - glucan subcutaneously; DT, DT5x and DT10x - treated with a combination of β-glucan ( 0.5 mg ) and three different doses of itraconazole, 10 , 50 and 100 mg.kg - 1, respectively; and Control -treated with distilled water orally and sterile NaCl 0.9 % subcutaneously. The male rats were treated before (70 days) and during the mating period (21 days); and the female rats were treated before (14 days) and during the mating period (up to 21 days), pregnancy (21 days) and lactation (21 days). The reproductive index, sperm parameters, serum testosterone concentration, maternal behavior, fetal skeletal changes, and indicators of physical and neuromotor development in the offspring, including open field behavior and sexual behavior, were evaluated. Based on the results, it is concluded that therapeutic doses of β -glucan and itraconazole, alone or in combination, do not interfere in the reproductive variables studied in males or females rats, excepted by the post-implantation losses rate. High doses of itraconazole in combination with β -glucan significantly alter the reproductive variables of males and females. The results suggest that the effects on male fertility are functional. It is emphasized the teratogenic and embryotoxic potential of higher doses of itraconazole associated with β-glucan, as well as a delay, although slight, in some parameters of the physical development of the offspring. Caution in the use of high doses of itraconazole associated or not with ß-glucan is recommended, especially in prolonged therapy.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/94756
Arquivos Descrição Formato
000916489.pdf (1.383Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.