Repositório Digital

A- A A+

Doenças crônicas não transmissíveis no Brasil : prioridade para enfrentamento e investigação

.

Doenças crônicas não transmissíveis no Brasil : prioridade para enfrentamento e investigação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Doenças crônicas não transmissíveis no Brasil : prioridade para enfrentamento e investigação
Outro título Chronic non-comunicable diseases in Brazil : priorities for disease management and research
Autor Duncan, Bruce Bartholow
Chor, Dora
Aquino, Estela Maria L. de
Benseñor, Isabela Judith Martins
Mill, José Geraldo
Schmidt, Maria Inês
Lotufo, Paulo Andrade
Vigo, Álvaro
Barreto, Sandhi Maria
Resumo As Doenças Crônicas Não Transmissíveis representam a maior carga de morbimortalidade no Brasil. Em 2011, o Ministério da Saúde lançou seu Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis, enfatizando ações populacionais para controlar as doenças cardiovasculares, diabetes, câncer e doença respiratória crônica, predominantemente pelo controle do fumo, inatividade física, alimentação inadequada e uso prejudicial de álcool. Apesar da produção científica signifi cativa sobre essas doenças e seus fatores de risco no Brasil, poucos são os estudos de coorte nessa temática. Nesse contexto, o Estudo Longitudinal da Saúde do Adulto (ELSA-Brasil) acompanha 15.105 servidores públicos do País. Seus dados espelham a realidade brasileira de altas prevalências de diabetes e hipertensão e dos fatores de risco. A diversidade das informações produzidas permitirá aprofundar o entendimento causal dessas doenças e subsidiar políticas públicas para seu enfrentamento.
Abstract Chronic Non-Communicable Diseases are the main source of disease burden in Brazil. In 2011, the Brazilian Ministry of Health launched the Strategic Plan of Action for Management of Chronic Non-Communicable Diseases focusing on population-based interventions to manage cardiovascular diseases, diabetes, cancer, and chronic respiratory diseases mainly through fi ghting tobacco use, unhealthy diets, physical inactivity and the harmful use of alcohol. Although a signifi cant number of scientifi c studies on chronic diseases and their risk factors have been undertaken in Brazil, few are of cohort design. In this context, the Brazilian Longitudinal Study of Adult Health (ELSA-Brasil), a cohort study of 15,105 Brazilian public servants refl ects the reality of high prevalences of diabetes, hypertension and the main chronic diseases risk factors. The diversity of information that the Study will produce can provide important input to better understand the causes of chronic diseases and to support public policies for fi ghting them.
Contido em Revista de saúde pública = Journal of public health. São Paulo. Vol. 46, supl. 1 (dez. 2012), p. 126-134
Assunto Estatística aplicada
Estatística médica
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/94848
Arquivos Descrição Formato
000880149.pdf (136.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.