Repositório Digital

A- A A+

Latin American algorithm for treatment of relapsing-remitting multiple sclerosis using disease-modifying agents

.

Latin American algorithm for treatment of relapsing-remitting multiple sclerosis using disease-modifying agents

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Latin American algorithm for treatment of relapsing-remitting multiple sclerosis using disease-modifying agents
Autor Finkelsztejn, Alessandro
Gabbai, Alberto Alain
Fragoso, Yára Dadalti
Carrá, Adriana
Macías-Islas, Miguel Angel
Arcega-Revilla, Raul
García-Bonitto, Juan
Oehninger-Gatti, Carlos Luis
Orozco-Escobar, Geraldine
Tarulla, Adriana
Vergara, Fernando
Vizcarra, Darwin
Resumo Objetivo: Estima-se que haja aproximadamente 50.000 pessoas com a forma remitente-recorrente da esclerose múltipla na América Latina. Os algoritmos de tratamento norte-americanos e europeus não levam em consideração nossas peculiaridades regionais, nem a dificuldade no acesso ao tratamento por parte dos pacientes. Métodos: O Fórum Latino-americano de Esclerose Múltipla é um grupo de especialistas independente e suprainstitucional, que avaliou as mais recentes evidências científicas sobre a eficácia e a segurança das drogas modificadoras do curso da doença. Foram avaliados também o acesso ao tratamento e os programas de farmacovigilância de cada um dos oito países representados no Fórum. Resultados: Uma lista específica de recomendações baseadas em evidências científicas foi estabelecida para a América Latina. Também foram discutidas perspectivas de futuros tratamentos para esclerose múltipla. Conclusões: O presente estudo representou um esforço dos representantes de oito países latino-americanos em discutir um assunto que não pode ser adaptado para uso em nossa região diretamente a partir de recomendações de tratamento europeias ou norte-americanas.
Abstract Objective: It is estimated that circa 50,000 individuals have relapsing-remitting multiple sclerosis in Latin America. European and North- American algorithms for the treatment of multiple sclerosis do not foresee our regional difficulties and the access of patients to treatment. Methods: The Latin American Multiple Sclerosis Forum is an independent and supra-institutional group of experts that has assessed the latest scientific evidence regarding efficacy and safety of disease-modifying treatments. Accesses to treatment and pharmacovigilance programs for each of the eight countries represented at the Forum were also analyzed. Results: A specific set of guidelines based upon evidence-based recommendations was designed for Latin America. Future perspectives of multiple sclerosis treatment were also discussed. Conclusions: The present paper translated an effort from representatives of eight countries discussing a matter that cannot be adapted to our region directly from purely European and North-American guidelines for treatment.
Contido em Arquivos de neuro-psiquiatria. São Paulo. Vol. 70, no. 10 (Oct. 2012), p. 799-806
Assunto América Latina
Esclerose múltipla : Terapia
[en] Latin America
[en] multiple sclerosis
[en] treatment
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/94853
Arquivos Descrição Formato
000875013.pdf (313.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.