Repositório Digital

A- A A+

Female caregivers accompanying children with cancer in the hospital setting

.

Female caregivers accompanying children with cancer in the hospital setting

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Female caregivers accompanying children with cancer in the hospital setting
Outro título Mulheres cuidadoras-leigas acompanhantes de crianças com câncer no contexto hospitalar, As
Outro título Mujeres cuidadoras no profesionales, acompanhantes de niños con cáncaer en el contexto hospitalario
Autor Wegner, Wiliam
Pedro, Eva Néri Rubim
Resumo A possibilidade de ter um acompanhante na internação hospitalar é um direito constitucional garantido para crianças, idosos e parturientes. Independente da etapa do ciclo vital, ter um acompanhante é uma situação socialmente e culturalmente determinada no Brasil. Trata-se de uma pesquisa qualitativa descritiva-exploratória e intervencionista que descreveu e discutiu as percepções das cuidadoras de crianças com câncer, enquanto acompanhantes no hospital. Os dados foram coletados mediante grupo focal com nove mulheres entre março e maio de 2007 em um hospital-escola na cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. A análise temática das informações mostrou a conduta passiva e dócil das acompanhantes frente as adversidades cotidianas, reflexo das próprias condições de poder e autoridade dos objetivos institucionais, tão comuns nos cenários que desenvolvem ações de saúde na realidade brasileira. A emancipação poderia ser alcançada por meio de estratégias educativas caracterizadas pela informação e divulgação dos direitos do usuário e posturas críticas e reivindicatórias quando confrontados.
Resumen La posibilidad de tener un acompañante es un derecho constitucional garantizado a los niños, ancianos y mujeres embarazadas. Independientemente de la etapa del ciclo de vida, tener un acompañante es una situación social y culturalmente determinado en el Brasil. Es un estudio cualitativo descriptivo y exploratorio y de la intervención que tuvo como objetivo describir y analizar las percepciones de las mujeres cuidadoras de niños con cáncer, como acompañantes en el hospital. Los datos fueron colectados a través de grupos focales con nueve mujeres, entre marzo y mayo de 2007 en un hospital de enseñanza en Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. El análisis de la información mostró que el comportamiento de los acompañantes es pasivo y dócil ante la adversidad cotidiana lo que refleja las condiciones reales de poder y autoridad de los objetivos institucionales, tan común en los escenarios donde se desarrollan las acciones de salud en la realidad brasileña. La emancipación se podría lograr a través de estrategias de educación se caracteriza por la información y la divulgación de los derechos de usuario y las posiciones de crítica y exigente cuando se enfrenta.
Abstract The possibility of having a companion is a constitutional right guaranteed to children, elderly and parturients. Independently of their stage in the life cycle, having a companion is a situation socially and culturally determined in Brazil. This is a qualitative, descriptive-exploratory and interventionist study that aims to describe and discuss the perceptions of female caregivers of children with cancer while accompanying them at the hospital. Data were collected through a focal group with nine women, between March and May, 2007 at a teaching hospital in Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil. The thematic analyses shows the participants’ passive and kind behavior in the face of daily adversities, reflection of the power and authority conditions of the institutional objectives, so common in health scenarios in the Brazilian reality. Emancipation could be reached through educative strategies, characterized by information and dissemination of users’ rights as well as critical and demanding attitudes from the user when confronted.
Contido em Revista gaúcha de enfermagem. Porto Alegre. Vol. 31, no. 4 (sep. 2010), p. 678-684
Assunto Acompanhantes de pacientes
Criança hospitalizada
Cuidadores
Educação em saúde
Neoplasias
[en] Caregivers
[en] Child, hospitalized
[en] Health education
[en] Neoplasms
[en] Patient escort service
[es] Acompañantes de pacientes
[es] Educación en salud
[es] Niño hospitalizado
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/94908
Arquivos Descrição Formato
000783083.pdf (48.64Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.