Repositório Digital

A- A A+

Sentidos atribuídos à política voltada para a saúde do homem

.

Sentidos atribuídos à política voltada para a saúde do homem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sentidos atribuídos à política voltada para a saúde do homem
Outro título Meanings attributed to policy directed to men's health
Autor Gomes, Romeu
Leal, Andrea Fachel
Knauth, Daniela Riva
Silva, Geórgia Sibele Nogueira da
Resumo Analisou-se os sentidos atribuídos à Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH) pelos envolvidos na sua implementação, buscando identificar como uma política formulada em nível nacional é significada nos contextos locais. Em cinco municípios, de cada macrorregião do país, realizaram-se 6 narrativas e 21 entrevistas semiestruturadas, com gestores e profissionais de saúde; as informações sobre a Política foram trabalhadas a partir do Método de Interpretação de Sentidos. A Política é percebida em geral com positividade. Dentre os sentidos atribuídos, destacamos que a Política é vista, por alguns, como uma atenção integral que norteia ações para abordar os homens como um todo na Atenção Primária; ao contrário, por outros, foi percebida como uma redução a problemas urológicos. Também foi vista como algo vago, não detalhando como proceder para trazer os homens aos serviços e melhor atendê-los, ou algo episódico, sendo a política reduzida à realização de eventos pontuais e não a ações continuadas, incorporadas no cotidiano dos serviços. Os diferentes sentidos orientam práticas e ações, podendo sinalizar o engajamento efetivo e continuado do profissional com a Política, sendo um elemento fundamental para seu monitoramento e avaliação.
Abstract This study analyzed the meanings given to the Brazilian National Men’s Health Policy (PNAISH) by those involved in its implementation to find out how a policy formulated at national level is reflected in local contexts. In five cities, from each macro region of the country, a set of 6 narratives and 21 semi-structured interviews were held with health managers and professionals; the information on the Policy was developed according to the Meaning Interpretation Method. The Policy is generally perceived as positive. Among the meanings given, it is emphasized that the policy is seen, by some, as a comprehensive care that guides actions to address men as a whole in Primary Care; then again, others perceived it as a reduction to urological problems. The policy was also perceived as something vague, which does not detail how to proceed to take men to the services and to better assist them, or something episodic, being the policy reduced to the accomplishment of specific events rather than ongoing actions in everyday services. The different meanings guide practices and actions, which may signal the effective and continued engagement of the professional with the policy, being a key element for its monitoring and evaluation.
Contido em Ciência & saúde coletiva. Rio de Janeiro, RJ. Vol. 17, n. 10 (out. 2012), p. 2589-2596
Assunto Gênero e saúde
Pesquisa qualitativa
Políticas públicas de saúde
Saúde do homem
[en] Brazil
[en] Gender and health
[en] Health policy
[en] Men’s health
[en] Public Health Policies
[en] Qualitative research
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/94921
Arquivos Descrição Formato
000868103.pdf (183.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.