Repositório Digital

A- A A+

Planejamento urbano e regional : campo e sujeitos do PROPUR - UFRGS

.

Planejamento urbano e regional : campo e sujeitos do PROPUR - UFRGS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Planejamento urbano e regional : campo e sujeitos do PROPUR - UFRGS
Autor Gomes, Thiago Kieling
Orientador Moya, Mauricio Assumpção
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de Ciências Sociais: Bacharelado.
Assunto Conhecimento científico
Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional.
[en] Production of knowledge
[en] Scientific field
[en] Scientific knowledge
[en] Urban and regional planning
Resumo O presente trabalho procurou investigar o contexto em que se insere a produção de conhecimento científico, em especial que tange aquele relacionado à racionalização do espaço urbano; levando em consideração as questões a respeito do “campo científico” de Bourdieu. Dessa forma, nos remetemos ao Planejamento Urbano e Regional, como subárea de conhecimento onde isto acontece, com o intuito de estudar e compreender como o campo científico em que o produtor de conhecimento (discente ou docente) vinculado a um programa de pós-graduação nesta subárea se estabelece. O estudo desenvolveu-se na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) junto ao Programa de pós-graduação em Planejamento Urbano e Regional (PROPUR), e utilizou metodologia quantitativa e qualitativa, através de revisão bibliográfica e construção de banco de dados. Os resultados remetem à existência de um campo, caracterizado por domínio de arquitetos (75% entre os discentes e 68% entre os docentes) e, ainda, apresenta como alta a presença feminina nos extratos menos nobres da produção científica (65% dos títulos defendidos nos programas de mestrado e doutorado entre 2001 e 2012 foram para mulheres) e um equilíbrio quando levamos em consideração o quadro docente (mais nobre).
Abstract The present study sought to investigate the context in which it operates the production of scientific knowledge, in particular concerning that related to the rationalisation of urban space; taking into consideration the issues regarding "scientific field" of Bourdieu. In this way, we will refer to the urban and Regional planning, as sub-area of knowledge where this happens, in order to study and understand how the scientific field in which the producer of knowledge (teacher or student) linked to a graduate program in this sub-area is established. The study was developed at the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS) by the graduate program in urban and Regional Planning (PROPUR), and used quantitative and qualitative methodology, through literature review and database construction. The results refer to the existence of a field, characterized by domain of Architects (75% among the students and 68% among the teaching staff) and also presents as high female presence in less ennobling extracts of scientific production (65% of the titles defended master and PhD programmes between 2001 and 2012 were to women) and a balance when we take into account the teaching (more noble).Keywords: urban and Regional planning, Scientific Field, production of knowledge, scientific knowledge.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/94971
Arquivos Descrição Formato
000915301.pdf (554.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.