Repositório Digital

A- A A+

Uma proposta de diálogo entre 1984 e A vida dos outros

.

Uma proposta de diálogo entre 1984 e A vida dos outros

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uma proposta de diálogo entre 1984 e A vida dos outros
Autor Rocha, Cristina Santos da
Orientador Indrusiak, Elaine Barros
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Letras: Licenciatura.
Assunto Apropriação (Arte)
A Vida dos Outros (Filme)
Distopia
Donnersmarck, Florian Henckel von 1973-.
Orwell, George 1903-1950. 1984
Totalitarismo
[en] Appropriation
[en] Dystopia
[en] The lives of others
[en] Totalitarianism
Resumo Este estudo parte da premissa de que há um diálogo possivelmente intencional entre as obras 1984 (1949), de George Orwell, e o filme A Vida dos Outros (Das Leben der Anderen, 2006), de Florian Henckel von Donnersmarck, para analisar como certos elementos da obra orwelliana com relação à configuração de personagens, contextos históricos, motivos e símbolos foram apropriados pelo filme. São utilizados como aportes teóricos os conceitos de adaptação e de apropriação, segundo Julie Sanders (2006). Considerando que ambas as obras têm por pano de fundo sociedades totalitárias, e que 1984 é uma obra distópica, os conceitos de totalitarismo, de distopia e de utopia também são explorados. Acreditamos ter demonstrado que os elementos comuns destacados, bem como a referência expressa ao título do romance de Orwell nas legendas iniciais do filme, constituem diálogo entre as duas obras. Consideramos ainda que o filme apresenta um contraponto ao romance, na medida em que reflete sobre o nível de horror político que a Alemanha Oriental poderia ter atingido, o que não aconteceu, entretanto, graças à influência das artes nas vidas dos indivíduos.
Abstract This study starts from the premise that there is a dialogue possibly intentional between the works 1984 (1949), by George Orwell, and the movie The Lives of Others (Das Leben der Anderen, 2006), by Florian Hencker von Donnersmarck, to analyze how certain elements from the Orwellian work in relation to the configuration of characters, historical contexts, motives and symbols were appropriated by the movie. The concepts of adaptation and appropriation, according to Julie Sanders (2006) are used here. Considering that both works have totalitarian societies as a background, and that 1984 is a dystopian work, the concepts of totalitarianism, dystopia and utopia are also explored. We believe to have demonstrated that the common elements highlighted, as well as the expressed reference to the title of Orwell’s novel, represents a dialogue between the two works. We still believe that the movie presents a counterpoint to the novel, in the sense that it reflects on the level of political horror that East German could have achieved, which did not happened, however, thanks to the influence of art in the lives of the individuals.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/94977
Arquivos Descrição Formato
000917204.pdf (1.040Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.