Repositório Digital

A- A A+

O tema da peregrinação em “The Seafarer” e “The Wanderer”

.

O tema da peregrinação em “The Seafarer” e “The Wanderer”

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O tema da peregrinação em “The Seafarer” e “The Wanderer”
Autor Pitol, Celso Augusto Uequed
Orientador Maggio, Sandra Sirangelo
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Letras: Licenciatura.
Assunto Leitura
Literatura anglo-saxônica
Literatura inglesa
The seafarer (Poema)
The wanderer (Poema)
[en] Anglo-saxon literature
[en] English literature
[en] Reading
Resumo “The Seafarer” e “The Wanderer” são dois dos mais importantes textos produzidos durante o período anglo-saxônico da literatura inglesa, isto é, aquele compreendido entre os séculos V e XI d.C. Escritos no extinto idioma anglo-saxão e distantes de nós no tempo e no espaço, são mesmo assim capazes de emocionar o leitor moderno. Essas obras, normalmente definidas como elegias, contam-nos das trajetórias de homens que,perdidos em alto mar, põem-se a meditar sobre a situação de suas existências sobre a terra. Nosso objetivo neste trabalho é pôr lado a lado estas duas obras e enfocá-las dentro do tema da peregrinação, central para a constituição de ambas. Para tanto, procuramos situá-las dentro da tradição em que foram produzidas, pondo-as em diálogo com esta mesma tradição, o contexto histórico e os poemas propriamente ditos,seguindo as lições de Claudio Guillen, Álvaro Manuel Machado e Daniel Henri Pageaux acerca do estudo temático.
Abstract "The Seafarer" and "The Wanderer" are two of the most important texts produced during the Anglo-Saxon period of English literature ,between the 5th and 11th centuries AD. Written in the extinct Anglo-Saxon language and somewhat distant from us in time and space, these works are still able to reach and move the modern reader. The two poems, usually defined as Elegies, tell us of the trajectories of men at sea, who meditate on the situation of their existence inland. Our objective is to put these two poems side by side, considering them in the light of the theme of pilgrimage, which is central to the creation of both. To this end, we seek to situate them within the tradition in which they were produced, putting them in dialogue with this same tradition and their historical context. As we do that, we follow the lessons of Claudio Guillen, Álvaro Manuel Machado and Daniel Henri Pageaux about how to develop the study of a given theme.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/94978
Arquivos Descrição Formato
000917218.pdf (664.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.