Repositório Digital

A- A A+

Direitos sexuais e reprodutivos, vias de parto e assistência à gestação : “vamos fazer cesária, mamãezinha?”

.

Direitos sexuais e reprodutivos, vias de parto e assistência à gestação : “vamos fazer cesária, mamãezinha?”

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Direitos sexuais e reprodutivos, vias de parto e assistência à gestação : “vamos fazer cesária, mamãezinha?”
Autor Verch, Alessandra Gisele Fagundes
Orientador Prá, Jussara Reis
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de Ciências Sociais: Bacharelado.
Assunto Assistência à gestação
Assistência ao parto
Direitos sexuais e reprodutivos
Gênero
Humanização do parto
[en] Childbirth care delivery mode
[en] Gender
[en] Humanization of childbirth
[en] Pregnancy care
[en] Sexual and reproductive rights
Resumo Este trabalho analisa a bibliografia disponível no banco de dados ScIELO sobre a assistência de saúde prestada à mulher gestante enfocando a construção da escolha pela via de parto. A partir dos direitos sexuais e reprodutivos da mulher gestante, assim como do conceito de gênero, se pretendeu problematizar o encontro da mulher gestante com os serviços de saúde. Assim sendo, se analisou 53 artigos que tinham como foco a qualidade da assistência à gestação e ao parto e/ou as percepções femininas sobre o atendimento recebido. Os artigos foram selecionados através de uma revisão sistemática dos trabalhos publicados nos últimos dez anos. A partir da perspectiva feminista propomos uma reflexão sobre os comportamentos institucionalizados de médicos e de equipes de saúde que violam os direitos das mulheres, bem como o comportamento materno que, por vezes não raro, naturaliza violências, omissões e negligências.
Abstract This paper has examined the available literature in the ScIELO’s database about the health care provided to pregnant women focusing on the construction of the choice of child-birth. From the sexual and reproductive rights of women, as well as the concept of gender was intended to discuss the meeting of the patient with the health services provide by the government. Therefore we have analyzed 53 studies that was focused on the quality of care during pregnancy and childbirth as well as female perceptions of the care received. The articles were selected from a systematic review of studies published in the last ten years. Based on the feminist perspective we propose a reflection on the institutionalized behavior of medical and health teams that violate women's rights, as well as maternal behavior that often naturalizes this violence, omissions and negligence.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/94980
Arquivos Descrição Formato
000915056.pdf (559.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.