Repositório Digital

A- A A+

A multiterritorialidade cultural em redes interorganizacionais : trocas culturais em empresas de origem norte-americana e asiática no sul do Brasil

.

A multiterritorialidade cultural em redes interorganizacionais : trocas culturais em empresas de origem norte-americana e asiática no sul do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A multiterritorialidade cultural em redes interorganizacionais : trocas culturais em empresas de origem norte-americana e asiática no sul do Brasil
Autor Neves, Felipe Möller
Orientador Almeida, Marilis Lemos de
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de Ciências Sociais: Bacharelado.
Assunto Empresas asiáticas
Empresas norte-americanas
Multiterritorialidade cultural
Parques tecnológicos
Redes interorganizacionais
[en] Asian companies
[en] Cultural interchanges
[en] Cultural multi-territoriality
[en] Interorganizational networks
[en] North american companies
[en] Technology parks
Resumo O objetivo deste estudo foi analisar as redes interorganizacionais e as trocas culturais, que gerariam a multiterritorialidade cultural em empresas de origem-norte americana e asiática, presentes nos parques tecnológicos da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), o Tecnopuc, e da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, o Tecnosinos. A pesquisa foi realizada com gestores destas empresas, em que se busca observar como se dão as trocas culturais entre os territórios das empresas do exterior e do Brasil. A pesquisa foi estabelecida em cinco redes, uma constituída por empresas asiáticas, e uma empresa brasileira presente no Tecnosinos, e quatro redes compostas por empresas de origem norte-americana e brasileira, localizadas no Tecnopuc. Para a realização do estudo foram realizadas nove entrevistas, em cinco empresas, e uma entrevista exploratória, todas se utilizando roteiro semi-estruturado. O estudo apontou que ocorrem trocas culturais a partir de relações interpessoais entre gestores e subordinados, através de redes formais e informais, sendo utilizado, o exercício do poder a partir das chefias em relação aos trabalhadores, dentro do que se define como multiterritorialidade cultural.
Abstract The aim of this study was to analyze the interorganizational networks’ cultural interchanges, wich would generate the cultural multi-territoriality in north american and asian companies, present in the technology parks at the universitary campus of Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Tecnopuc, and of Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Tecnosinos. The research was conducted with managers of these companies, wich seeks to observe how cultural interchanges happen between foreign and brazilian territories. The research was established in five networks, one composed by asian companies, and one brazilian company present in Tecnosinos, and four networks composed of north american and brazilian companies located in Tecnopuc. For the study, nine interviews were conducted in five companies, and one exploratory interview, all using semi-structured questionnaire. The study found that cultural interchanges occur from interpersonal relationships between managers and subordinates, through formal and informal networks, being the exercise of power used from the bosses over workers, within what is defined as cultural multi-territoriality.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/94985
Arquivos Descrição Formato
000915147.pdf (797.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.