Repositório Digital

A- A A+

Histomorfometria óssea de frangos de corte acometidos com a Síndrome do “Black Bone”

.

Histomorfometria óssea de frangos de corte acometidos com a Síndrome do “Black Bone”

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Histomorfometria óssea de frangos de corte acometidos com a Síndrome do “Black Bone”
Autor Monteiro, Camila Figueiredo Carneiro
Orientador Kindlein, Líris
Co-orientador Ferreira, Tamara Zinn
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Avicultura
Patologia veterinária : Aves
Resumo O consumo de carne de frango vem crescendo nas últimas décadas, sendo necessário uma elevada produção animal para atender à demanda. A criação de frangos de corte visando maior rentabilidade busca animais selecionados geneticamente para maior taxa de crescimento, o que vem provocando patologias estruturais nas aves, como por exemplo, a Síndrome do Black Bone (BBS). A BBS caracteriza-se pelo escurecimento do osso e da carne adjacente, decorrente de um extravazamento de sangue proveniente da medula óssea devido à um aumento de porosidade do osso, ocorrendo principalmente na coxa e sobrecoxa das aves, causando aversão do consumidor. O presente trabalho avaliou a eficiência da suplementação da dieta de frangos de corte com vitamina D (HyD) como forma de prevenção da Síndrome, através de análise histomorfométrica. Foram coletadas tíbias de 24 frangos de corte Cobb 500, divididos em grupo controle (sem suplementação) e grupo tratado (com suplementação de vitamina D3). Os ossos foram pesados e submetidos à avaliação de luminosidade (*L) e tom de vermelho (a*), analisados macroscopicamente para avaliação da ocorrência da Síndrome do Black Bone, antes e após o cozimento. Foi realizada a análise histológica das tíbias, mensurando-se espessura de osso compacto e realizando-se a contagem de osteoclastos. Os valores obtidos foram avaliados pela análise de variância de acordo com o pacote computacional SAS (2001) e a comparação entre as médias efetuadas pelo teste Tukey ao nível de 5% de significância. O grupo suplementado com vitamina D apresentou menor incidência de grau severo da síndrome (36,4%) quando comparado ao grupo controle (65%). As tíbias cozidas apresentaram o mesmo peso em ambos os tratamentos, 21±2,5 g, peso estatisticamente menor (p<0,05) daquele apresentado nas tíbias cruas. A luminosidade apresentou-se maior (p<0,05) nas tíbias cruas (35,24±13,86 no grupo controle e 35,94±10,16 no grupo suplementado) em relação às cozidas (33±5,36 no grupo controle e 28,3±6,89 no grupo suplementado). Em contraposto o tom de vermelho apresentou resultados menores nas tíbias cruas em relação às cozidas, resultados que sugerem o escurecimento do osso após o cozimento. A administração da vitamina D em sua forma ativa (HyD) não influenciou na espessura do osso compacto, mas influenciou positivamente o crescimento do comprimento das tíbias. A contagem de osteoclastos foi maior (p<0,05) nos animais que receberam suplementação (77±1,26) em relação ao grupo controle (59±1,67). Os resultados indicam que a suplementação de vitamina D3 ativa tem função de proteção do esqueleto, promovendo maior quantidade ou atividade dos osteoblastos.
Abstract The consumption of poultry meat has increased in recent decades and a high animal production is needed to meet the demand. Rearing broilers searching greater profitability requires animals genetically selected for increased growth rate, activity that has caused structural pathologies in birds, such as Black Bone Syndrome (BBS). The BBS is characterized by blackening of the adjacent bone and meat caused by a blood extravasation from the bone marrow due to increased bone porosity, occurring mainly in the thigh and drumstick of birds, causing consumer aversion. This study evaluated the effectiveness of supplementing the diet of broiler chickens with vitamin D (HyD) in order to prevent the syndrome throughout a histomorphometric analysis. Tibias of 24 Cobb 500 broilers were divided into control group (no supplementation) and treated group (vitamin D3 supplementation) were collected. The bones were weighed, examined for lightness (L*) and redness (a*) and macroscopically analyzed for assessing the occurrence of Black Bone Syndrome before and after cooking. Histological analysis was performed on the tibias, measuring thickness of compact bone and performing the counting of osteoclasts. Data were analyzed by variance analysis according to using SAS (2001) and the means were compared by Tukey test at 5% significance level. The group supplemented with vitamin D showed a lower incidence of severe syndrome (36.4%) when compared to the control group (65%). After cooking process, tibias showed the same weight in both of the treatments, 21±2.5 g, weight statistically lower (p <0.05) from that found in raw tibias. The luminosity was higher (p <0.05) in raw bones (35.24±13.86 in the control group and 35.94±10.16 in the supplemented group) compared to cooked (33 ± 5.36 in control group and 28.3±6.89 in the treated group). In the opposite, redness had the lowest results in the raw tibias in relation to the cooked tibias, results that suggest the darkening of the bone after cooking. The administration of vitamin D through its active form (HyD) did not affect the thickness of the compact bone, but positively influenced the growth of tibia length. The counting of osteoclasts was higher (p <0.05) in the animals receiving supplementation (77±1.26) compared to control group (59±1.67). The results indicate that supplementation of vitamin D3 has active protection function of the skeleton, resulting in greater osteoblasts quantity or activity.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/95154
Arquivos Descrição Formato
000917672.pdf (952.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.